segunda-feira, 30 de novembro de 2009

frases para sempre

"muito estranha essa dedicação, essa correria. quero ver se o goiás, contra o são paulo, vai jogar metade do que jogou no maracanã contra o flamengo"

ilustres e anônimos torcedores rubro-negros após o empate de 0 x 0 no maracanã.

o goiás não jogou metade.

jogou o dobro.

Coritiba 5x0 Flamengo

Se o FRamengo for campeão, será o primeiro campeão brasileiro na história a ter levado a maior goleada do campeonato!

Da arte de arregaçar as calças

Do Blog do Juca Kfouri:

CORINTHIANISMO

Por LEONOR MACEDO*

Se você gosta de futebol e já sabia que a rodada de domingo, 29/11, estava arranjada para favorecer o Flamengo antes mesmo de ela acontecer, aconselho que desista do esporte.

Que tente canalizar sua energia para algo mais legítimo, mais honesto, mais respeitoso, mais digno.

Porque futebol é isso: é o ópio do povo, é irracional e se pararmos para pensar, a gente pára de gostar.

É amor, é paixão, é utopia, é ingenuidade. É burrice.

Fui para Campinas, com toda a minha burrice e ingenuidade, confiando no discurso da diretoria do Corinthians e dos jogadores de que seria o "jogo do ano".

Ronaldo prometeu uma chuva de gols, outros jogadores afirmaram que dariam o sangue, o técnico se irritou ao ser questionado sobre um possível favorecimento ao Flamengo para eliminar as chances do São Paulo ser campeão: "o Corinthians estará empenhado para ganhar. Se o São Paulo não fez a sua parte, não é um problema nosso."

Acreditei e fui confiante!

Comprei meu ingresso mesmo sabendo que a renda do futebol seria destinada ao carnaval do centenário, em 2010.

Mesmo sabendo que o correto é utilizar a arrecadação do futebol com o futebol. Fui porque meu amor pelo futebol é muito maior do que meu ódio pelo carnaval.

Cheguei a Campinas cedo, ganhei uma carona de carro e almocei em um shopping relativamente próximo ao estádio.

Vi dezenas de corinthianos exibindo suas camisas orgulhosos, confiantes na equipe, assim como eu.

Porque me recuso a acreditar que algum corinthiano realmente estivesse interessado em uma derrota para o Flamengo apenas para prejudicar o São Paulo.

A rivalidade não pode ser maior do que a vontade de ver seu time ganhar qualquer coisa, até campeonato de Master.

Cresci aprendendo que existem apenas dois tipos de torcida no Brasil: a corinthiana e a anticorinthiana.

A nossa, até então, era a corinthiana.

Quando entrei no estádio (com uma entrada relativamente organizada nas catracas do Fiel Torcedor, diga-se de passagem), acomodei-me em um degrau semi-alagado e vi o Brinco de Ouro da Princesa lotar de corinthianos e flamenguistas, que também compareceram.

Foi quando Evandro Roman apitou e a vergonha começou.

Não falo apenas de erros grotescos de arbitragem porque, se eu sou ingênua a ponto de acreditar na hombridade de um elenco todo, sempre acreditei em juiz ladrão.

Falo de corpo mole, de recuar a bola para o goleiro em um ataque, de 90% de passes errados, de contusões inexplicáveis, da expulsão do nosso capitão, do nosso técnico.

De 10 jogadores caminharem dentro de campo (o único que tentou foi Defederico, que não fala português e que talvez não tenha entendido a recomendação de entregar uma partida), de um goleiro não tentar pegar a bola em forma de "protesto" contra a arbitragem (e o melhor protesto que ele podia ter feito ali era agarrar o pênalti e honrar os milhares de corinthianos que estavam na arquibancada).

De o nosso elenco fazer o que fez estampando o rosto de centenas de corinthianos na nossa camisa (a obrigação de ganhar a partida podia ser só por esse motivo).

De ouvir um meia do Corinthians que está de férias desde o fim do Campeonato Paulista justificar seus erros na arbitragem (concordo, Elias, que o juiz errou, é péssimo e tem que ser punido, mas quando foi que o Corinthians dependeu de juiz?).

De ver o nosso técnico ser expulso quando ele é o primeiro que tem que manter a cabeça fria para dar tranqüilidade ao elenco, honrando o salário milionário que ele recebe. E depois reclamar da arbitragem também, sendo que o próprio, no meio do campeonato, afirmou que a prioridade nunca foi o Campeonato Brasileiro, mas o time em 2010.

A prioridade, senhor Mano Menezes, é respeitar o torcedor do Corinthians e tentar vencer tudo o que se propuser a ganhar.

Eu não tenho seis meses de férias, nem ganho um centésimo do que o senhor ganha e trabalho com seriedade.

Saí do estádio sem conseguir falar uma palavra.

Atônita e surpresa sim, porque eu acreditava que o elenco do Corinthians pudesse, pelo menos, honrar aqueles que acreditavam.

Porque sempre acreditei que eu, como torcedora, pudesse ter alguma importância (mesmo que financeira) para o clube.

Voltei para São Paulo pensando que por muito menos a torcida expulsou do clube um dos maiores jogadores da história do futebol, o Rivelino.

Que, mesmo naquele contexto importantíssimo que é um Corinthians X Palmeiras, ele pode ter errado, mas jamais entregado uma partida a nosso rival.

Que a gente pode ter perdido um clássico, um título, mas que não perdemos a dignidade tanto quanto neste domingo, em Campinas.

Nem quando fomos rebaixados para a Série B.

Sei que a falta de dignidade não é única e exclusiva da diretoria do Corinthians.

No próximo fim-de-semana, por exemplo, é a última rodada do campeonato e o Grêmio anunciou que pode escalar o time reserva contra o Flamengo apenas para prejudicar o Inter.

Que o mesmo Inter entregou uma partida para prejudicar o Corinthians contra o Goiás, em 2007.

Que muitas pessoas consideram isso absolutamente normal no futebol e depois reclamam de ética em seu trabalho, nas relações pessoais, enfim, em sua vida.

O futebol é espelho de tudo isto.

Se a falta de dignidade não é única e exclusiva da diretoria do Corinthians e do elenco corinthiano, é com ela sim que eu me preocupo, porque eles, infelizmente, carregam o escudo que eu defendo.

Se todos os anos para mim terminam com o fim da temporada de futebol, 2009 foi o ano que terminou mais cedo.

Curarei minha ressaca futebolística longe de Corinthians X Atlético Mineiro.

Sei que a minha fé no futebol retornará assim que a ressaca passar.

Que eu encerrarei o papo de "não bebo mais" e continuarei enchendo a cara dessa cachaça.

Que seguirei acreditando que outro futebol é possível: com dignidade, honestidade e hombridade.

Com jogador que defende o escudo do clube acima de qualquer dinheiro, com dirigente que recusa mala branca e leva em consideração sua torcida, com elenco que não entrega a partida, com torcedor apaixonado que prefere ver o time ganhar a ver o rival se dar mal.

Morrerei velhinha acreditando.

E precisarei de dois caixões: um para mim e outro para a minha santa ignorância.

*Leonor Macedo é corintiana e jornalista.

Recuperação e prova final

O Fluminense tá me lembrando meus tempos de Sigma, no início da década passada: passa o ano inteiro sem fazer PN e tenta se salvar nas provas finais.

A diferença é que eu bombei duas vezes...

Já o Fluminense...parabéns pelo(s) título(s).

YES, WE CAN


Flamengo 0x1 Grêmio

O que aconteceria no Maracanã se esse for o resultado da partida de domingo? Seria pior do que o Cabañas?

Será...

....que o São Paulo ainda se classifica pra Libertas?

Será que o São Paulo consegue ganhar do Sport rebaixado na última rodada?

Olha o Cruzeiro aí!

Alguém acredita...


...na vitória do Grêmio contra o Flamengo?


Viram quem vai jogar? Até juniores vão a campo! hahahahahah...


"Fatos"

alguns fatos, segunda minha modesta opinião

- o mengão mereceu o título. não há discussão quanto a isso.

- são paulo caiu de pé, apesar das duas derrotas. o time realmente não tinha gás pro título e lutou muito. vaga na libertadores tá bom (a se confirmar com um empate contra o sport). é a sétima vez consecutiva, não dá pra desprezar.

- se não fosse pro flamengo, acho que o título poderia até ficar com o inter, que fez um campeonato digno, mas vai ficar em segundo, todos sabemos que o grêmio vai entregar.

- fluminense fez bonito e merece ficar, mas ainda terá uma última rodada dura

- fogão terá uma última rodada épica. tem chances sim de escapar, se jogar igual contra o spfc

- cruzeiro ou palmeiras? quem pega o g4?

- corinthians é um timinho de segunda divisão. poderia ter tido pelo menos honra. a mesma que o são paulo teve ao vencer um jogo do juventus apenas pelo profissionalismo e salvar o rival da queda pra segunda no paulistão há alguns anos. enfim, tem gente que nasceu pra ser pequeno e regional...

vota brasil

...e o campeonato chega à sua última enquete.

Ensurdecedor

Está um silêncio aqui hoje.

Onde estão as apaixonadas alusões ao grande Jason, que todos temem?

Relembrando a frase dita por um bambi aqui: "vamulá, chega de marasmo, alegria!"

Todo mundo ainda tem chance de título! Afinal de contas, todo mundo sabe que o Grêmio vai com tudo pra cima do Mengão, para tentar dar o título ao co-irmão Internacional! O Flamengo precisa mesmo se preocupar. Afinal de contas, a campanha do tricolor gaúcho fora de casa neste Brasileirão é fantástica!

domingo, 29 de novembro de 2009

Estranho mundo

Impressão minha ou o Zé do Caixão foi eleito presidente do Uruguai?

Ó aqui!

Eu já sabia

Antes dos primeiros 45 minutos, o corinthians havia feito duas (DUAS) substituicoes. Uma delas do Fenonimo, Ronny, que disse ter sentido dolores na coxa.

Essas coisas o STJD nao ve.

Parabens, flamenguistas, pelo titulo antecipado.

precipício

enquanto as carreatas tingidas de vermelho e preto (cores do futuro campeão brazileyro) cortam asas & eixos do plano piloto da capital federal, constato que o Botafogo chegou no local que tanto perseguiu ao longo de 2009:

na beira do caos.

Futebol do Rio em alta

Se o Flamengo for hexa, o Flu e o Bota permanecerem na primeira divisão e o tricolor, milagrosamente, vencer a Sul-Americana, somando-se isso tudo ao título da Série B do Vasco, o futebol carioca vai poder comemorar uma ressurreição. E quem sabe a Globo para de encher o saco com essa história de voltar com o mata-mata.

Tudo armado para entregar o jogo

Se o FLamengo não ganhar, será a maior incompetência da história. Pior, até mesmo, do que o 0x0 com o Goiás.

Jucilei diz que Timão tem muitos atletas rubro-negros e que torce por título do Fla

GLOBOESPORTE.COM São Paulo

O amor de Ronaldo pelo Flamengo e a disputa pelo título entre o time carioca e o São Paulo já eram ingredientes suficientes para gerar questionamentos sobre a atuação do Corinthians na partida deste domingo entre as duas equipes. Mas após o treino deste sábado, o volante Jucilei colocou ainda mais lenha na fogueira. O jogador disse ser flamenguista desde criança, assim como outros atletas do clube e que, por ele, a taça de campeão brasileiro de 2009 vai parar na Gávea.

- Não sei se o Jorge Henrique é flamenguista também, mas acho que é. A gente torce desde pequeno, mas está no Corinthians e tem que jogar pelo Corinthians. Na minha opinião, acho que o Flamengo vai ser campeão. Estou torcendo para o Flamengo ganhar o título - assume.Engrossam a lista de rubro-negros do Corinthians o atacante Souza e o goleiro Felipe. Com exceção do avançado, todos os outros devem ser titulares no jogo deste domingo.

- Eu tenho que jogar. O Corinthians que paga meu salário – resume Jucilei. Para aumentar ainda mais a polêmica, o grande adversário do Flamengo na luta pelo título brasileiro é o São Paulo, arquirrival do Corinthians. Se o time carioca vencer o Timão e o Tricolor não derrotar o Goiás, a equipe comandada por Andrade assume a liderança da competição faltando apenas uma rodada para o final.

Musa do domingo

Karina Bacchi

domingo é dia de emossão

chegou a grande hora,
o dia mais esperado do ano:
hoje é dia de barcelona x real madrid

sábado, 28 de novembro de 2009

Tarde de sábado

"Eu mando nessa porra. Que fique bem claro!!!"

Cortesia do Leitor Marcello Souza (ou Birita, ou Kapa ou The Who)

Os bolhas

Não existe mais espaço para amadores no futebol!
Um grande clichê? Claro que é.
Verdade? Não.

Adriano, artilheiro do Flamengo e candidato a craque do campeonato disse que queimou o pé ao pisar em uma lâmpada no jardim da sua casa. Uma brincadeira.
Nem os torcedores do Império do Mal acreditam nessa história.

Resultado? O torcedor é um grande bolha.

já que arruda virou manchete nacional...

josé roberto arruda & a copa de 2014
segundo o repórter josé cruz:
http://blogdocruz.blog.uol.com.br/arch2009-11-22_2009-11-28.html#2009_11-28_01_06_10-139474431-0

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

A casa não caiu

O técnico Dorival Júnior está fora do Vasco. O bom treinador queria ganhar R$380 mil por mês. É muito dinheiro para um técnico de futebol.

Roberto Dinamite e Rodrigo Caetano fizeram a coisa certa. O Vasco e nenhum time do Brasil têm condições de pagar a um técnico R$380 mil por mês.

Em uma conta rápida, em apenas 1 ano o Dorival iria ganhar quase R$5 milhões. É muita grana para um time que não tem um centro de treinamento e que seus funcionários vivem com salários atrasados.

o homem do pé gelado

galvão bueno, todos sabem, é um homem de múltiplos afazeres.

fazendas para administrar, viagens a realizar, vinhos para degustar, os filhos para empresariar.

volta e meia, quando o tempo permite, galvão mata as saudades dos tempos de narrador esportivo.

obviamente, um profissional de seu gabarito só assume o microfone em ocasiões especiais.

fora os jogos oficiais da seleção brasileira de futebol, o locutor esteve à frente das transmissões dos seguintes eventos:

final da libertadores da américa - o cruzeiro perdeu.

final do mundial sub-20 de futebol - o brazil perdeu.

gp brasil de fórmula1- - o brasileiro perdeu a prova e o título. em casa.

final da copa sul-americana de futebol - o flu perdeu, feio, o primeiro jogo.

***
em 2010, galvão bueno já tem ao menos um compromisso garantido: narrar as partidas da seleção de d*nga na áfrica do sul. o que irá acontecer?

Libertadores 2010

Agora que a Conmebol confirmou a presença de dois times mexicanos direto nas oitavas-de-final da Libertadores do ano que vem, fica a dúvida: como ficarão as outras vagas? Os dois piores segundos colocados da primeira fase serão eliminados? E quem não teve nada a ver com a viadagem dos times que não quiseram jogar com os mexicanos em 2009 vai ter de suar mais para se classificar? É isso? Alguém sabe?

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Goiás insinua ajuda do Inter em 2007 e quer retribuir; Corinthians crê em "corpo mole"

25/11/2009 - 18h02

Do UOL Esporte

Última rodada do Brasileiro de 2007. Corinthians e Goiás lutavam para escapar do rebaixamento. O time paulista levou a pior ao empatar jogo contra o Grêmio, no Sul, e ver o Goiás vencer o Inter, 2 a 1, no Serra Dourada. Quase dois anos depois, a diretoria da equipe goiana afirma estar em "dívida moral" com o Inter, insinuando ter havido "entrega" por parte do rival, e promete retribuir neste domingo.

Felipe questionou conduta de atletas do Inter, em 2007. Goiás promete ajuda ao Inter no domingo

O Goiás pretende corresponder o Inter com uma vitória sobre o São Paulo, em Goiânia. Terceiro colocado do Nacional, o Colorado está três pontos atrás do São Paulo, líder."Existe uma dívida de gratidão. O Internacional, de uma certa maneira, nos ajudou há dois anos atrás a não cair. E, se depender de mim aqui, vou ajudar o Internacional a conseguir o título", declarou Marcos Figueiredo, diretor de futebol do Goiás, à rádio Bandeirantes.

Questionado se a dívida tinha ligação com o jogo que livrou o Goiás do risco de queda, Figueiredo disse que sim."Isso, há dois anos... Acho que ganhou ou empatou com o Inter. Naquele ano, ficamos em 16º lugar e praticamente... praticamente não, nos livramos do rebaixamento", acrescentou.

Um dos poucos atletas do atual elenco corintiano presente no rebaixamento à Série B, o goleiro Felipe sempre contestou a participação dos atletas do Inter na partida. É consenso no Corinthians de que parte do elenco colorado se dividiu entre atuar normalmente e entregar o jogo para o Goiás. Embora ninguém cite nomes publicamente, a interlocutores, Felipe questionou a participação de Fernandão, então atleta do Inter. Já Clemer estaria na ala dos que pediram profissionalismo em campo.

Coincidentemente, Felipe novamente abordou o assunto nesta quarta-feira, no Parque São Jorge. O goleiro comentava sobre o fato de o Corinthians buscar a vitória contra o Flamengo, no domingo, triunfo que beneficiaria diretamente o São Paulo, líder. O camisa 1 alvinegro relembrou que uma derrota do Flamengo ajudaria não apenas o rival paulista, mas o "algoz" Inter."O Inter facilitou o jogo para o Goiás em 2007. E a gente vencendo o Flamengo no domingo, vamos ajudar o Inter. Mas não interessa pensar em quem vamos ajudar. Vamos entrar para vencer, pois temos que respeitar nossos torcedores".

THE ULTIMATE BREAKING NEWS FROM ZELAYA


26/11/2009 - 07h00
Zelaya diz que ficará na embaixada "pelo tempo que o Brasil permitir"
Thiago Chaves-Scarelli
Do UOL Notícias
Em São Paulo
Mais de 65 dias depois de ter retornado a Honduras na tentativa de retomar o poder, o presidente deposto Manuel Zelaya declarou ao UOL Notícias que vai permanecer na embaixada brasileira "pelo tempo que o Brasil permitir"."Se uma ditadura tutela e coordena uma eleição, ela é ilegal", diz Manuel Zelaya

A declaração chega poucos dias antes das eleições presidenciais hondurenhas, pleito que é apoiado pelos Estados Unidos e pelo governo golpista no poder como solução para a crise política que o país centro-americano vive desde que Zelaya foi deposto do cargo e expulso do país, em junho deste ano.

Zelaya, que voltou escondido a Tegucigalpa em setembro e desde então está abrigado na embaixada brasileira, argumenta que esta eleição não terá validade, porque acontece em meio a um Estado de exceção. "Se uma ditadura tutela, dirige, coordena uma eleição, [esta eleição] se torna ilegal", declarou o presidente deposto.

A mesma posição é defendida pela Organização dos Estados Americanos (OEA), que sempre condenou o golpe de Estado, mas não teve sucesso em mediar um acordo para reconduzir Zelaya à presidência. Diante desse fracasso, a OEA anunciou que "nem cogita" enviar observadores para as eleições, o que pode comprometer a legitimidade internacional dos resultados.
No final de outubro, Zelaya e o governo no poder, chefiado por Roberto Micheletti, chegaram a assinar um acordo, batizado de Tegucigalpa-São José, para viabilizar um consenso que legitimaria as eleições. O documento previa a formação de um governo de unidade e passava para o Congresso a tarefa de decidir sobre o retorno do presidente deposto. Dias depois, Micheletti anunciou que continuaria como presidente no governo de unidade descrito no documento, e Zelaya deu o acordo por fracassado.

Segundo o presidente deposto revelou ao UOL Notícias, mesmo que o Congresso vote por sua restituição após as eleições, essa decisão seria ilegítima e ele não aceitaria retomar o cargo por essa via.

A posição mantém o impasse no país e aumenta a incerteza sobre quanto tempo pode durar a estadia do presidente deposto no prédio da representação diplomática brasileira em Tegucigalpa. Para Zelaya, "pelo tempo que o Brasil permitir".

Procurado pela reportagem, o Ministério de Relações Exteriores do Brasil respondeu que Zelaya "será hóspede da embaixada do Brasil pelo tempo que for necessário para a normalização da situação em Honduras".

"O Brasil não fará, como não faz, nenhuma pressão para que ele saia antes", disse o Itamaraty.

O presidente é só alegria!!!

LDU 5x1 Fluzão!

Alguém se surpreendeu?

Amigos, o que aconteceu na noite de hoje/ontem em Quito foi totalmente previsível. Talvez o placar tenha sido acima das expectativas pessimistas, mas eu sinceramente não tinha dúvidas de que o Fluminense não ia aguentar.

Entendam: não se trata apenas do cansaço pela maratona de jogos ou viagens. Nem mesmo a pressão da torcida adversária. Isto sempre pode ser superado, claro. Mas é praticamente impossível manter o padrão e a boa qualidade de jogo com a necessidade quase fatal que o tricolor tem de vencer tudo nesta reta final, a cada três ou quatro dias. Ainda mais com um time que tem média de idade de 22,5 e enfrentando a altitude cruel da capital equatoriana, que deixa qualquer adversário atordoado.

Vocês zombam da LDU porque é de um país sem tradição no futebol. Mas este time, na minha opinião, é até melhor que do ano passado (e ganhou duas vezes do Internacional na final da Recopa de 2009, lembrem-se). E o Fluminense é pior. Isto ficou nítido durante os 90 minutos. Fora o surpreendente gol logo de cara e dois ou três chutes perigosos no segundo tempo, tomamos um baile. A atuação tricolor foi tão desastrosa, que ninguém se salvou. Se o Rafael fez três ótimas defesas, pra mim falhou em dois gols. A defesa deixou o adversário chutar várias vezes da entrada da área, bater faltas e laterais rapidamente. Fomos zumbis dentro de campo.

Foi um jogo que voltou a expor a fragilidade deste time do Cuca, que peca pela inexperiência de alguns jogadores e pela falta de qualidade técnica de outros. Aqueles que desequilibram não conseguiram jogar bem. E os garotos Maicon e Digão estão fazendo falta. É até difícil fazer uma avaliação mais precisa diante de tantas condições adversas que o Fluminense enfrentou. O que é certo é que não tínhamos virado um "timaço" só porque ficamos 13 jogos sem perder. E também não necessariamente vamos nos transformar em "abóboras" porque tomamos de 5 x 1.

O foco agora é no Brasileirão. Não é pra culpar ninguém, nem caçar bruxas. Vamos engolir mais um título perdido pra LDU e tentar salvar o ano evitando o rebaixamento. Se conseguirmos, temos direito até a "volta olímpica" no Couto Pereira, no dia 6...

Massacre

Só falta o Marquinhos dizer que o gol dele foi o do título. E não digo que vou ter um sono ruim porque, do jeito que o Flu tava jogando, achei mesmo que ia levar no mínimo uns cinco.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

o profeta

ldu 3 x 1 flu, 31 minutos do segundo tempo.

galvão bueno decreta: "acho que agora a ldu cansou... olha a batida!!! goooool!!!"

ldu 4 x 1 flu, 32 minutos do segundo tempo.

Juca Kfouri

Dunga numa tarde feliz

Bem humorado e certeiro em seus comentários, Dunga estava feliz ontem à tarde, talvez inspirado pelo lugar onde falou, o palpitante Museu do Futebol de São Paulo.
Dengoso, quando perguntado sobre Ronaldo, Dunga pediu candidamente aos entrevistadores que não o induzissem a cometer o erro que foi cometido na Copa de 2006.

E mais não disse, sem ficar zangado, embora lhe fosse perguntado, porque, maliciosamente, preferiu acreditar na inteligência dos perguntadores.

Mais ou menos como um mestre que dissesse que para bom entendedor pingo é letra.
Dunga tratou, também, de defender o recurso da tecnologia para ajudar a arbitragem quando falou da eliminação da Irlanda pela França por causa de um gol clamorosamente irregular.

E olhe que a Fifa nem quer pensar nisso, o que não impediu que o técnico da Seleção Brasileira se manifestasse com independência, talvez para que possa dormir a soneca dos justos.

Sem desprezar a força tradicional de uma Itália ou Alemanha, Dunga realçou o progresso de Espanha e Inglaterra, além de apostar que alguma seleção africana se dará bem na Copa de 2010.

Parabéns, Dunga.

Pelo equilíbrio na entrevista e pela sensatez das opiniões.

E caso você espirre, desde já, saúde!

Comentário para o Jornal da CBN desta quarta-feira, 25 de novembro de 2009. 

Esse era muito bom de bola!

LEMBRA DELE? Para Bobô, Bahia jogar Série B é o mesmo que estar rebaixado

Globoesporte.com

Há 20 anos, o Bahia conquistava o seu primeiro e único título do Campeonato Brasileiro, referente ao ano de 1988 - na época, chamado de Copa União. Isso porque os jogos finais contra o Internacional foram realizados apenas em 1989. No próximo dia 13 de dezembro, uma reedição da decisão vai acontecer no estádio Pituaçu, onde, atualmente, o Tricolor comanda seus jogos na Série B. Divisão, aliás, que o maior ídolo da história do clube, Bobô, rejeita de forma veemente. Nesta quarta-feira, um dia antes do ex-atacante completar 47 anos, o GLOBOESPORTE.COM apresenta uma entrevista com o maior nome da campanha do Bahia naquele Brasileirão. Hoje funcionário público, mas ainda ligado ao futebol, Bobô critica, com argumentos, a atual posição em que o clube pelo qual se destacou se encontra. Para isso, ele cita o exemplo do Sport.

- O Bahia está rebaixado. Nosso lugar não é na Segunda Divisão, não estamos satisfeitos com essa realidade. Isso é questão de trabalho, de planejamento, mas também um fator econômico. Talvez esse seja o grande empecilho de crescimento dos times nordestinos. O próprio Sport fez uma grande campanha na Copa do Brasil e na Libertadores. Mas, para chegar lá, precisou de investimento alto, folha alta e está pagando o preço por isso. Os clubes precisam trabalhar, primeiro, o lado profissional. Estamos muito longe do que se trabalha no Sul e Sudeste do Brasil.

A gente vê exemplos do Inter, do São Paulo, do próprio Vasco, com coisas que não vemos aqui – opinou. No último sábado, o Bahia garantiu de vez sua permanência na Série B, espantando qualquer risco de queda para a Terceira Divisão - algo que, para Bobô, "não deve ser comemorado", já que o clube "é muito grande para isso". Jogando em Pituaçu, o Tricolor derrotou o Guarani, por 2 a 0, gols de Nadson e Nem. Com o resultado, o time paulista foi quem fez o que o ex-atacante tanto deseja para o Bahia - retornou à Série A.Atualmente, Bobô ocupa o cargo de diretor geral da Superintendência de Desportos da Bahia (Sudesb). Interessado pela nova carreira, o baiano de Senhor do Bonfim, cidade do interior do Estado, há 374 km de Salvador, aposta no trabalho forte para a conquista de resultados.

- É um desafio, mas tem sido muito proveitoso. É um órgão que tem como objetivo fomentar o esporte. Temos criado políticas desse tipo de incentivo, que não havia na Bahia. E é no esporte como um todo, não só no futebol – ressaltou. Título que eternizou

Raimundo Nonato Tavares da Silva tem esse apelido por causa de sua irmã caçula, Rita, que não conseguia pronunciar seu nome e passou a assim chamá-lo. Bobô, como ficou conhecido, vai ficar para sempre na memória do povo nordestino, já que comandou a segunda conquista de um time da Região no Brasileiro. Ele lembra com carinho da data que o consagrou.

- É uma data muito importante para nós todos. Fomos eternizados na história dos grandes clubes do país. Ela é muito lembrada, um título inédito, importante para o Nordeste. Até hoje compartilhamos dessa conquista. Enaltecemos mais ainda o Bahia a nível nacional – acredita. A primeira partida da final foi realizada em 15 de fevereiro de 89. Na ocasião, o Bahia derrotou o Inter por 2 a 1, na Fonte Nova, de virada, com dois gols de quem? Bobô, é claro. O gol colorado foi marcado por Leomir. No segundo jogo, empate em 0 a 0, no Beira-Rio. Mas nem tudo sempre foi glória para o ex-jogador. Ele revela que foi seu pai quem o incentivou a não largar o futebol depois de uma séria contusão.


- Quando rompi os ligamentos eu era muito novo. Quem me incentivou, na verdade, foram os meus pais. Era do interior, queria voltar, tinha só 17 anos para 18, não entendia porque logo comigo. Mas meu pai chamou minha atenção para isso. Foi a figura de um pai mesmo, que me fez pensar que as portas estavam ainda abertas. Deixei o tempo se encarregar. Voltei com muita dificuldade 11 meses depois, mas só voltei a ter lesão no Bahia, quando tive um tempo de recuperação menor. Destaque também no Sudeste

Craque com a camisa do seu time (fora da Bahia) e também de seu pai: o Fluminense
Bobô não foi ídolo apenas no Bahia. No
Corinthians, no São Paulo e também no Fluminense, o ex-jogador se destacou. Muito agradecido por o que conquistou nos principais centros esportivos do país, ele lembra de um episódio curioso, quando não acertou sua ida para o Tricolor carioca por conta de uma implicância de um dirigente com seu nome.

- Isso foi noticiado. Foi na época de Aymoré (Moreira, ex-treinador da seleção brasileira). Ele achava que eu tinha possibilidade de chegar à seleção. Me indicou no Rio, mas meu nome era muito estranho, e começaram a questionar. Não tem nem como ficar irritado (risos). Quando ganhamos o título, o pessoal do Fluminense tentou, mas acabei indo para o São Paulo antes de ir para lá. A transferência de Bobô para o São Paulo, aliás, foi marcante. Nada menos do que U$ 1 milhão foram desembolsados pelo time paulista para contar com o melhor jogador, eleito pela imprensa como o melhor do Brasileirão de 88. A transação, a maior do futebol nacional na época, envolveu também a ida de três atletas para o Bahia.

- Para mim, ter passado por todos esses clubes foi especial. Eu tinha, inclusive, um sentimento muito legal pelo Fluminense. Eu também torcia, porque meu pai era torcedor fanático. Até hoje recebo informações, e-mails de torcedores. Sou um privilegiado. Esse foi o melhor salário que eu poderia receber na carreira – confessou, emocionado. Além de Bahia, Corinthians, São Paulo e Fluminense, Bobô jogou também na Catuense, onde começou (82 a 85, 95), no Flamengo (90) e no Inter (93). Confira abaixo as conquistas da sua carreira como jogador.

Títulos

Bahia
Campeão Brasileiro (1988); Tricampeão Baiano (86 a 88)

São Paulo
Campeão Paulista (1989); Vice-Campeão Brasileiro (1989)

Flamengo
Campeão Copa do Brasil (1990)

Fluminense
Campeão Taça Guanabara (1992); Vice-Campeão da Copa do Brasil (1992)

Corinthians
Vice-Campeão Paulista (1993); Vice-Campeão Rio-São Paulo (1993)

Breaking news - Atendendo a pedidos

A modelo Joana Prado, a inesquecível Feiticeira da Band, não deixou que um programa exibido em Fortaleza mostrasse vídeos seus como a personagem ou imagens do ensaio que fez para a revista Playboy.

Joana, que participava do programa ao lado do marido, Vitor Belfort, disse que se sentia mal vendo imagens da época. E estendeu o pedido para não publicar imagens "antigas" dela a todos os veículos de comunicação.

Na torcida pelo Flu


Ele voltou!!!

"A festa está sempre preparada. Estamos sempre tendo de preparar festas. O Flamengo é um clube festeiro"

Do mandatário rubro-negro (Dumbrovski é o caralho, quem manda é ele), Márcio Braga, hoje, em entrevista ao G1. Confira a íntegra em:

http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Times/Flamengo/0,,MUL1391134-9865,00-CONFIANTE+NO+HEXA+DO+FLA+MARCIO+BRAGA+AVISA+A+FESTA+ESTA+SEMPRE+PREPARADA.html

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Dormindo com o inimigo

A pedido do próprio, preservamos a identidade deste nobre torcedor que está com problemas para pegar no sono ultimamente.

Reforço do Vascaiu 2010

Romário, agora cartola do futebol do América, volta a disputar uma partida oficial amanhã (25/11).

O Baixinho decidiu entrar em campo, às 20h, no Estádio Giulite Coutinho, contra o Artsul, para festejar o retorno do América à primeira divisão do futebol do Rio.

O CBET apurou que, nos bastidores da Colina, fala-se no nome do Baixinho como o grande reforço do Vascaiu para aTaça Guanabara.

Eu vejo o futuro repetir o passado

Vídeo para relembrar o título que rubro-negro ganhou dopado há 28 anos - alguém aqui além de cm, do Comendador e do Apresentador tinha consciência de algo nessa época ?.

O triunfo continental precedeu o canto do cisne rubro-negro: a conquista do Torneio de Tóquio em cima do goleiro Grobellar (parente do Abelardo) que, descobriu-se anos depois, recebia propina para entregar jogos.

Um momento de glória rubro-negro para lembrá-los da iminente conqusita do hexa * campeonato brasileiro, a ser sacramentada nos últimos dias.

Uma vez pequeno, sempre pequeno

Grêmio dará férias antecipadas a titulares e deve ter reservas contra o Fla
Presidente do clube, Duda Kroeff, admite que o time poderá escalar suplentes nos dois últimos jogos do Brasileirão

Duda Kroeff diz que o Grêmio tem o direito de dar férias antecipadas a alguns jogadores
O discurso do presidente Duda Kroeff seguirá o mesmo nas duas últimas rodadas do Brasileirão. Ele reiterou sua promessa de que o time não jogará para perder enquanto estiver no comando, mesmo que isto beneficie o Inter. A novidade, vinda do próprio Duda, é que a equipe terá reservas contra o Flamengo, dia 6, no Maracanã. O jogo, dependendo da combinação de resultados de domingo, poderá dar ao Inter o título do Brasileirão. - Como iríamos escalar reservas contra Cruzeiro e Palmeiras se havia chance matemática de entrar na Libertadores? Agora, é diferente. Temos o direito de dar férias antes para alguns jogadores. Isso não tem nada a ver com o Inter - explicou Duda.

Além de dar férias antecipadas a alguns jogadores, o Grêmio pretende preservar outros que têm atuado no limite físico. O técnico Marcelo Rospide também aproveitará para observar juniores que participarão da pré-temporada. Entre as novidades nas partidas finais, estará o atacante Jonas, recuperado de lesão.

- Vamos tomar essa decisão com a comissão técnica. Quem resolve a escalação do Grêmio somos nós - avisa o presidente.

vota brasil?

se alguém ainda se animar a votar, tem enquete.

life goes on

poxa, foi só o flamengo empatar um jogo que o pessoal (e este blog) parece que morreu...

o foderosão continua mais firme que nunca na briga pelo título. quem acha que o sao paulo vai ganhar fácil do goiás tá muito enganado.

além disso outros assuntos palpitantes agitaram o mundo esportivo nos últimos dias

por exemplo, o fato de o wigan devolver a grana pros seus torcedores depois da derrota de 9 X 1 pro Totenham. alguns times brasileiros deveriam seguir o exemplo, não é mesmo?

ah sim. e não comentamos a desclassificação da gostosa bandeirinha ana paula de "a fazenda 2", dizem, com força total dos botafoguenses...

vamulá, chega de marasmo, alegria!

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

yes, he can

ex-jogador, jogava muito no meio-campo. com a saída do treinador, assumiu o comando da equipe e pode levar seu time, depois de muito tempo, ao título brasileiro. seu nome é...


mário sérgio pontes de paiva!!!

três é demais

d*ne-se o heptacampeonato do são paulo...
agito mesmo é cacá bueno tricampeão brazileiro de stock car!

A matemática complicada na parte de baixo

A arrancada tá bonita e até acredito que sairemos da zona de rebaixamento na próxima rodada. Mas o gol do Botafogo no final da partida de ontem, mais do que a alegria de flamenguistas e alvinegros, fudeu de vez a vida do Fluminense.

Eu, como Quito Rossi (sem trocadilho), até torcia para que Fluminense e Botafogo escapassem juntos. Mas acho isso praticamente impossível.

Olhando os jogos dos candidatos ao rebaixamento, os resultados normais, levando em conta mando de campo, momento dos times e tabela, seriam mais ou menos o seguinte:

Fluminennse - Quatro pontos (ganha do Vitória, empata com o Coritiba)

Botafogo - Três pontos (perde do Furacão, ganha do Palmeiras)

Atlético-PR - Seis pontos (ganha do Botafogo, ganha do Barueri). Mesmo que empate com o Botafogo, acho que não deixa de vencer o Barueras na última rodada.

Coritiba - Um ou três pontos. Perde do Cruzeiro, ganha (ou empata com) do Flu.

Ou seja: Considerando que o Flu faria quatro pontos, Botafogo e Atlético-PR podem se dar ao luxo de perder um jogo e ganhar outro que escapam. A merda que está se desenhando é o Fluminense chegar na última rodada precisando de resultado contra o Coritiba. Ainda que chegue lá precisando apenas do empate, este cenário só será possível com o adversário sendo obrigado a ganhar do Fluminense para escapar. Então o jogo será uma bomba relógio. Ainda que o Coxa ganhe do Cruzeiro e chegue aos 47 pontos, não poderia perder para o Fluminense (que vencendo seus dois jogos chegaria a 48). Nesse caso, porém, estaria livre se o rival local ganhar do Botafogo na outra semana, pois leva vantagem sobre os alvinegros no número de vitórias.

Com tudo isso em mente, apesar de a tabela enganosa mostrar que o Flu sai da zona na próxima rodada, a verdade é que, para ter uma vida tranquila dentro da realidade, é preciso que Botafogo ou Atlético-PR tropecem DUAS vezes. Um deles não pode fazer mais de dois pontos. Alguém acredita nisso?

Não sei, tá tudo em aberto. E pelo visto, teremos uma batalha campal contra o Coxa no dia 6 de dezembro.

Perguntar não ofende

A maior torcida do mundo fez a diferença?

Esta semana todo mundo voltou pra briga

Suposta trigésima sétima rodada:

Palmeiras 1 x 0 Atlético-MG
Sport 0 x 1 Internacional
Corinthians 1 x 1 Flamengo
Goiás 2 x 1 São Paulo

Ficaríamos com esta classificação, a uma rodada do final:

Internacional 62 ptos 18V 18SG
Palmeiras 62 ptos 17V 13SG
São Paulo 62 ptos 17V 12SG
Flamengo 62 ptos 17V 11SG

Uma possibilidade algo remota, mas nada impossível. Seria a coroação do campeonato mais emocionante que nós brasileiros já vimos. Sofrimento e angústia de hoje (ontem) à parte, não dá mais pra prever ou dar por certo nada. Com exceção, claro, de que os mineiros ficaram de fora da brincadeira final.

Boa sorte a todos!

domingo, 22 de novembro de 2009

Como cada um vai dormir

O Flu podia dormir fora da zona do rebaixamento, mas vai continuar por lá pela enésima rodada. Pelo menos, depende apenas de suas forças pra permanecer na Série A em 2010, com uma reação fulminante.

O Fla podia dormir na liderança do Brasileirão, mas vai continuar em segundo, depois de pagar vexa num Maracanã lotado. Pra ser campeão, vai precisar da ajuda do mesmo Goiás que o prejudicou hoje, ou do rebaixado Sport, além de contar com vitórias sobre o Curíntia do Ronalducho e sobre o Grêmio.

Eu vou dormir bem. Boa semana a meus companheiros de blog.

Grandes heróis do desporto nacional


Harlei de Menezes Silva
Goleiro

Deus é são-paulino?


Será possível?

funny games

ver a torcida do flamengo lotar o maracanã para vibrar com os gols alvinegros.

e somente com os gols alvinegros.

tem coisas que só acontecem com o Botafogo.

Maracanã

O palco dos grandes vexames do Império do Mal?

jason meets jobson


o filho do trabalho (e do luiz estevão) ganhou o duelo com o monstro são-paulino.

nada pessoal tricolores, mas vocês viram como faz diferença quando os atabaques (duas bolas na trave!) tocam a nosso favor?

job done, urubuzada. agora é com vocês.

Considerações realistas

Sobre o Mengão cada vez mais campeão:

Conforme foi dito aqui várias vezes, o sexto * título brasileiro do Flamengo está mais do que confirmado e sacramentado. Os três úlitmos jogos, inclusive a peleja contra o Goiás, que começa daqui a pouco, são apenas para cumprir tabela e festejar duas semanas de emossaummmm para a urubuazada.

Sobre Sport x Fluminense:

O comentário clichê do dia será "o Flu superou a maratona e, enfrentando um adversário que nada tem mais a fazer no campeonato, não teve dificuldades para vencer". Se perdesse, a desculpa já estava armada: "o Flu sentiu o cansaço dos jogos e, diante de um adversário que não tinha mais nada a perder, não soube administrar e foi envolvido pelo futebol do descompromissado Sport". Hahahaha... Como é fácil a vida do comentarista-clichê!!!

Sobre rebaixamento:

Eu não tava nem torcendo para o Botafogo perder - porque o Fluminense, com o empate do Patético-PR ontem, passou a depender apenas de si -, mas sim para o São Paulo ganhar. Nem o empate servia. E como nada disso rolou, a luta contra o rebaixamento vai até o último minuto da última rodada, se fizermos nossa obrigação de ganhar do Vitória no Maracanã semana que vem (caso contrário, já vamos jogar a final da sulamiranda no Maraca com passaporte carimbado pra Série B em 2010). E aí, na última rodada, Coritiba x Fluminense, Barueri x Atlético-PR e Botafogo x Palmeiras serão os jogos que vão decidir quem vai para a segundona. (na boa, Náutico e Santo André já rodaram). Foda demais. É possível que mesmo com uma vitória e um empate (quatro pontos), o Flu ainda assim caia. Mas se eu achava impossível e improvável, agora está "apenas" complicado.

PS: Não falei do Vitória, mas se o rubro-negro baiano cometer o mico de perder do Barueri no Barradão daqui a pouco, também fica enrolado, pois semana que vem joga contra o Flu no Rio, no que seria jogo de seis pontos.

Musa do domingo

Natalya Rudakova

estou tenso, muito tenso

perdemos uma semana inteira falando de tribunal.
falando de suspensões por um, dois ou três jogos.
perdemos uma semana falando de botafogo x são paulo.
falando até mesmo do time a, b, c ou d que o corinthians
vai mandar contra o fla no próximo final de semana.
ainda no próximo final de semana.
jornalismo na gávea, estes dias, tem sido puralegria:
bola de ouro pro pet, calzada da fama pro pet,
adriano & o recorde de gols do zico.
oitenta mil ingressos vendidos e blablabla.
talvez muita gente não saiba,
então vale comentar aqui:
hoje o flamengo joga contra o goyas, no marakas, às 19h30.
é um jogo fundamental.
o jogo mais importante do ano para o flamengo.
mais que patético mineiro no mineirones e
muito mais que parmêra no parque antarctica.
não sei quanto aos jogadores,
mas eu mal dormi esta noite.
acordando em sobressalto de tempo em tempo.
não são nem oito da manhã e já estou tenso, muito tenso.
quero que comece logo - não poderia ser ao meio-dia?
quero que comece logo, pragente ganhar logo.
espero que os jogadores do flamengo estejam sentindo pelo menos um pouco disto.

sábado, 21 de novembro de 2009

saudações rubro-negras aos diletos rivais

que bela festa do vaiscão da gama.
a incendiar o marakas neste sabadão.

faixa de campeão no peito e tal, fazia tempo.
os irmãos rubro-negros, infelizmente,
não puderam estar presentes.
o vaisco da gama fez a festa na segundona,
e o clube de regatas do flamengo sempre estará na primeira.
mesmo assim, não esquecemos dos queridos fregueses...
nosso representante fellype gabriel,
disfarçado numa curtida camisa da portuguesa de desportos,
mandou lá um abrazo todo especial, todo carinhoso.

bem-vindos, vaiscainos, de volta à primeira divisão do futebol nacional.
estávamos com saudades, um pouquito, podemcrer.

o inferno é fogo!!!


com ou sem reforço dos co-irmãos rubro-negros, vamos nos vingar das semifinal de 1981!!!

bem-vindo ao inferno, jason!!!


emoção

spfc supera por pouco o fogo; goiás subitamente ganha votos e encosta no flamengo.

enquete do cbet, que já previra novo vexame alviverde, indica chance razoável de o tricolor pôr a mão na taça nesta rodada.

restam poucas horas para votar.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Esporte nas ondas do rádio

Momento "jabá": aproveito o espaço deste blog para convidar os nobres colegas e nossos leitores em geral a conferir o programa de esportes que estrearemos neste sábado (21/11), das 11h às 12h, pela Rádio Cultura FM. É o FM Esporte, que trará entrevistas, bate-papos, notas, matérias e agenda sobre diversas modalidades, com ênfase (inevitavelmente) no futebol.

No programa de estreia, pra alegria de nosso Presidente, um debate sobre a arbitragem no Brasil (e no mundo, por que não) com a presença do juiz brasiliense Sandro Meira Ricci que, por sinal, vai apitar o duelo Botafogo x São Paulo, domingo, no Engenhão.

Para quem não sabe, o programa originalmente foi apresentado pela mesma emissora no período de 1990 a 1992 e dele fizeram parte, entre outros, nomes do calibre de Paulo Rossi, Marcelo Agner, Carlos Marcelo (o cm) e, modestamente, quem vos escreve.

A sintonia da emissora é 100,9MHz. Os que estão fora de Brasília podem conferir pela Internet no endereço www.movimentocalango.com.br/radiocultura.asp

Saudações!

cucampeão!

se o cuca ganhou o karioka, deve vencer a sulamerikana, foi um dos treinadores do futuro campeão brazileyro e ainda pode obter a maior façanha do futebol grená dos últimos 153 anos, seria correto chamá-lo de o técnico mais vencedor de 2009?

Roberto Carlos: 'Está chegando mais um louco para esse bando'

Diário Lance!
Guilherme Cardoso
EM SÃO PAULO

O contrato ainda não foi assinado, mas já está tudo certo. Roberto Carlos vai reforçar o Corinthians no ano do centenário. Apesar de ainda não ter assinado sua rescisão com o Fenerbahçe (TUR), o lateral-esquerdo já fala como jogador do Timão.

Nesta sexta-feira, ele vai se reunir com a diretoria do clube turco para deixar a quebra de contrato pronta. O encontro seria apenas no domingo, mas foi antecipado a pedido do atleta. Seu acordo com o Fenerbahçe terminaria em junho de 2010.

Roberto Carlos ficará na Turquia até o fim do primeiro turno do Nacional e chegará ao Brasil em 21 de dezembro. Em nova entrevista ao LANCENET!, ele até já imagina sua apresentação.

Confira abaixo:

LANCENET!:Como está sua situação? A reunião com o presidente do clube, Aziz Yildirim, vai ser domingo...
ROBERTO CARLOS: Vai ser nesta sexta-feira. Vou me reunir com o empresário que me trouxe para cá, Dino Pasaliç, um diretor e o presidente.

LNET!:Então, a reunião não vai mais acontecer no domingo?
RC:Não. O encontro foi antecipado para amanhã.

LNET!: Quarta-feira, Vanderlei Luxemburgo disse que você tinha feito a melhor opção ao escolher o Corinthians. Ainda mais pelas indefinições no Santos. Chegou a ouvir ou ler a entrevista? O que achou?
RC: Não cheguei a ver, não. Mas Vanderlei me conhece bem e sabe que não gosto de esperar muito para resolver as coisas. Em nossa última conversa, tive um pouco de pressa. Ao mesmo tempo, as condições com o Corinthians melhoraram muito (nas últimas conversas).

LNET!: Como vai ser sua remuneração no Corinthians? Sua ideia inicial era ter o mesmo esquema do Ronaldo. Mas a diretoria do clube disse que seria muito difícil isso acontecer.
RC: Fabiano (Farah) é que está resolvendo a situação em relação ao patrocínio. Não sei o que ele falou com (Luís Paulo) Rosenberg. Ele só me passou que as reuniões com o Corinthians foram boas. E disse que eu tinha de definir aqui para falar. Fabiano já tem as coisas nas mãos.

LNET!: Em uma entrevista, você usou uma frase do Ronaldo, quando ele acertou com o clube. É isso mesmo? Já dá para parafrasear o Ronaldo?
RC: (Risos) É, vai chegar mais um louco para o bando (mais risos).

LNET!: Você já sabe a data da sua apresentação no Corinthians?
RC: Não sei ainda a data certa. Tem várias coisas para definir e eles querem apresentar os outros jogadores que também vão chegar. A reapresentação é dia 4 de janeiro, né? Volto para o Brasil em 21 de dezembro. A partir do dia 21, a gente vai organizar. Espero que tenha uma festa bonita, que a apresentação seja muito bonita.

LNET!: Como está a expectativa de poder jogar pelo Corinthians?
RC: É muita ansiedade. Passa um pouco de tudo pela cabeça, para fazer esses dois anos em um alto nível.

LNET!: E a expectativa de voltar ao futebol brasileiro após muito tempo?
RC: Estou tranquilo. Só quero resolver minha vida o quanto antes. Foram quase 16 anos longe. Quero voltar ao Brasil, me readaptar o mais rapidamente possível e trabalhar feliz.

LNET!: Só mais um detalhe: existe alguma possibilidade de sua rescisão com o Fenerbahçe dar errado?
RC: Não. Está tudo tranquilo.

alea jacta est

é tamanha a auto-suficiência do spfc que o noticiário desportivo agora só fala de tribunal.
o botafogo de futebol e regatas tem grande chance de confirmar sua estatura no futebol nacional neste domingo, quando recebe o virtual heptacampeão brazileiro, desfalcado de alguns de seus melhores nomes, nas lonjuras suburbanas de "seu" estádio.
o drama é tamanho que o botafogo precisa vencer pra não cair pra segundona,
e o flamengo, dois pontos atrás do spfc, virou refém de seu maior freguês das últimas temporadas.
mas, perceba, de nada adianta victor simões meter três gols e arrebentar o são paulo,
de nada adianta o destemperado stjd banir borges, jean & dagoberto for life,
se o flamengo não fizer o que precisa ser feito diante do goyas num marakas com mais de 80 mil urubus alucinados.
o flamengo, tu sabes, é o melhor time do returno do brazileiro-2009.
e o goyas, nenhum segredo, tornou-se a pior equipe do returno.
depois que fernandão foi recebido como heroi em goiania, tudo deu errado, tremendamente errado pra eles.
fernandão e hélio dos anjos já provocaram a nação rubro-negra este ano. devem pagar pelo que disseram.
e atenção: também com o marakas lotado, o fla recebeu o goyas na recta final do brazileiro-2008.
abriu três a zero e deixou empatar, pateticamente, em cousa de cinco minutos.
era o time de caio junior, o omisso, que ficou de fora da libertas por tomar de cinco do atletico paranaense na ultima rodada.
que essa lembranza, esse pesadelo encarnado em verde, atrapalhe o sono de nossos atletas e os mantenha acordados, espertos e em ponto de bala pra este domingão.
a semana, na gávea, trouxe duas notícias nada boas.
a primeira diz respeito a maldonado, que estará ausente até meados de 2010, perdendo a libertadores e muito ameaçado de ficar longe da copa do mundo. outra noticia, menos alardeada que essa, foi a decisão de o time não mais viajar pra itu, interior paulista, finda a peleja contra o goyas. a ideia inicial era tirar os caboclos do oba-oba da gávea e interná-los num hotel fazenda por duas semanas, enfrentando o corinthians nesse período, e só voltando pro rio às vésperas da rodada final, contra o grêmio.
te digo que achava formidável esse sumiço.
mas nossos atletas convenceram andrade a fazer a diretoria mudar os planos.
agora todos permanecerão no rio de janeiro, curtindo o ventinho lá no ventre do furacão.
de modo que a responsabilidade de todos nós, todos os envolvidos, triplicou.
alea jacta est, já o disse aquele outro imperador.

Possibilidades na Copa do Mundo

Considerando que os cabeças-de-chave da copa serão Brasil, África do Sul, Itália, Alemanha, Espanha, França, Argentina e Inglaterra, o Brasil tem várias combinações possíveis de grupos no mundial.

Mais escroto: Brasil, Holanda (ou Portugal), Nigéria e México.

Mais ridículo: Brasil, Eslovênia, Argélia e Nova Zelândia (ou Coréia do Norte ou Honduras).

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Revanche ou...?

Um ano e cinco meses depois, Fluminense e LDU voltam a decidir um título no continente. Se o tricolor carioca perder de novo, será alvo de chacota pro resto da vida. Se ganhar, os rivais vão tratar de diminuir a conquista como sendo de uma "segunda divisão da Libertadores".

Em meio a uma desesperadora campanha de recuperação no Brasileirão, onde nem empatar a gente pode, lá vamos nós aguentar a pressão da torcida e a altitude de Quito (a capital do Equador, não nosso colega blogueiro) novamente!

Na boa, não sei sinceramente se o time vai aguentar. Não se trata só da questão física, mas da psicológica, que pesa muito mais. E depois da sapatada que a LDU deu hoje no River Plate (cadê o Eduardo Lino?), sei não.

E o presidente deste blog ainda acha que jogar quarta-feira e domingo é mole e não serve de desculpa pra nada...

Frase do dia

“Nas situações de rotina, um `pó-de-arroz’ pode ficar em casa abanando-se com a Revista do Rádio. Mas quando o Fluminense precisa de número, acontece o suave milagre: os tricolores vivos, doentes e mortos aparecem. Os vivos saem de suas casas, os doentes de suas camas e os mortos de suas tumba”

Nelson Rodrigues

BREAKING NEWS DO CBET - Futebol se decide no campo

São Paulo consegue efeito suspensivo e terá Borges, Dagoberto e Jean no domingo

O São Paulo obteve efeito suspensivo do STJD, nesta quinta-feira, e poderá contar com Borges, Dagoberto e Jean na partida deste domingo, contra o Botafogo, pela 36ª rodada do Cameponato Brasileiro. Na quarta, os jogadores haviam sido punidos com gancho de três jogos cada por conta de suas expulsões no empate entre o Tricolor Paulista e o Grêmio. As informações são do site “Justiça Desportiva”. Além de acatar o pedido do departamento jurídico são-paulino, o auditor Francisco Müssnich determinou que o recurso do clube seja julgado na quinta-feira, dia 26. Assim, a presença dos atletas no duelo contra o Goiás ainda depende do novo julgamento. Os três que já cumpriram um jogo de suspensão no triunfo sobre o Vitória pela 35ª rodada.

enfim, vem aí uma vitória para o Fogão!

(do lancenet!)

Alvinegros se unem para tirar Ana Paula de 'A Fazenda'

Os dois gols anulados erroneamente pela então assistente Ana Paula Oliveira na semifinal da Copa do Brasil de 2007, diante do Figueirense, ainda não saíram da cabeça dos botafoguenses. Os torcedores já planejam o troco: tirar a agora tentativa de celebridade de "A Fazenda", programa da Record.Ana Paula está no paredão e pode ser eliminada neste domingo. A votação está sendo feita e, pelo Orkut, os alvinegros se mobilizam para que a ex-assistente seja eliminada. Basta entrar em http://afazenda.r7.com/ta-na-roca/ e votar nela. Até o fim da manhã desta quinta-feira, já havia mais 500 posts no tópico.

Quereres

Palmeiras quer ser penta, Flamengo quer ser hexa * e o São Paulo quer ser hetero.

fluminense: o verdadeiro campeão brazileiro de 2009


chora, porco. adeus, bambi, sua mãe morreu.
tá sobrando carniça, mas aqui urubu não se cria.
o legítimo campeão brazileiro de futebol deste 2009,
já sabemos todos nós, não pode ser outro
que não o tricolor das laranjeiras em flor.
ao campeão moral, paguei pau.
como dizem lá na colina, amor não tem divisão.

Grandes ídolos do esporte nacional

Gum!!!

Que la chupen!

Timinho apelão esse do Cerro, bateu o tempo todo, com a conivência de um larápio chileno, mas não adiantou nada. Vão pra casa chorar, paraguaios-argentinos! (quem sabe na saída do Maraca, ainda levam uns sopapos da PM e da torcida...)

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

uma vez flamengo...

obina deu na noite dessa quarta-feira contribuição valiosíssima para o cada vez mais provável título rubro-negro.

conseguiu, num só lance, tirar dois jogadores do palmeiras e aniquilar as últimas chances do muricy obter o tetracampeonato.

pelos serviços prestados em hora decisiva, obina merece ter seu nome incluído no pôster do clube da gávea, sob a frase "também participaram da campanha".

São Paulo favorecido

Se os dois jogadores do Palmeiras foram expulsos corretamente porque brigaram, há pouco, por que não aconteceu o mesmo com os caras do São Paulo, que se engalfinharam há uns dias?

Palmas!




Para Henry, STJD, PM de SP e José Roberto Wright!

estranho, estranho...

flamenguista tá até se adiantando pra dar certas notícias, que aparentemente seriam prerrogativas do adversário. caso de duas porradas seguidas do STJD contra o SPFC. será que é pra amenizar a vergonha? pra evitar algum tipo de linchamento moral?

logo em seguida vem um calhau (com todo o respeito, f*da-se eslovênia, f*da-se a russia e f*da-se o arshavin também) a tirar o destaque da notinha modesta.

fatos: na reta final do campeonato, o STJD, um tribunal conhecido nacionalmente por ser parcial e político, suspende o dagoberto e jean (borges mereceu) de forma injustificada por três jogos. e ainda tiram o mando do tricolor por algo que aconteceu em outras partidas, sendo uma delas com o flamengo (outra com o galo).

puxa, é pelo menos estranho. não acho que seja uma conspiração, mas é estranho pra c*ralho.

tomara que não seja nada demais.

que se f*da a eslovênia...

o craque arshavin está fora da copa do mundo de futebol.
mas o elano e o felipe mello estão garantidos...

Operação Urubu, ou a Justiça (rubro-negra) tarda mas não falha

"O Superior Tribunal de Justiça Desportiva, STJD, entendeu que as expulsões de Borges, Dagoberto e Jean no empate contra o Grêmio, 1 a 1, em Porto Alegre, foram acintosas e suspendeu nesta quarta-feira os três atletas com três jogos de gancho cada. O São Paulo ainda pode recorrer."

Agora só faltam uns 2 penaltis pro fogones!

você é minoria, zelão

do lancenet!

Em enquete, torcida do vasco prefere que o fluminense caia ao Botafogo

Se dependesse dos torcedores vascaínos, a disputa acirrada pela última vaga na Segunda Divisão do ano que vem faria o Fluminense cair. Em enquete, 51% do público indica os tricolores como merecedores do descenso, experimentado pelo clube em 2008 e pelo próprio rival na década de 1990. Já os alvinegros, co-irmãos quando o assunto são facções organizadas, seriam rebaixados para só 13% da galera.
No Maracanã, ao conquistar o título da competição, a torcida do Vasco cantou em alto e bom som: "Ô tricolor, vai se f..., a Segundona eu tô deixando pra você!".
Nos últimos tempos, a relação entre os clubes ficou estremecida, pois o Flu levou alguns jogadores da Colina, como Conca e Leandro Amaral.
E no caso Jéferson, que rendeu a perda de seis pontos aos cruzmaltinos na Taça Guanabara, foram os dirigentes tricolores que correram atrás da punição.Além disso, o ex-presidente Eurico Miranda "tirou" o Tricolor da lama quando foi preciso. Cerca de 36% ainda desejam ver ambos os clubes na Série A, junto a Vasco e Flamengo, para o bem do futebol carioca.

**************
o desejo do zelão já é conhecido, mas e os companheiros do cbet, o que escolhem?
quem você prefere ver na Série B em 2009? fluzão, Fogão, nenhum ou os dois?
não precisa justificar. é só votar.

mitologia moderna

o futebol grego não é apenas gilberto silva.

veja que o selecionado grego acaba de alijar da afrika-2010
a ukraine de xexenko, timochuk, voronin & pervitin.
depois de zero-a-zero empolgante em athens,
os gregos detonaram seus adversários em donetsk
(saudades do elano).
grécia 1 x 0.
gol de dimitris salpingidis... cacildis!
salpingidis, o mais novo semideus grego,
é colega de gilberto silva no panathinaikos.

bom ver greece de volta à copa do mundo.
a grande escola de aristóteles, platão, sócrates & casagrande.

Vale como um título?

"O Atlético não disputa a Libertadores há muito tempo. Por exemplo, para um São Paulo, que está sempre na Libertadores, a vaga não ia fazer tanta diferença. Mas há quanto tempo o Atlético não vai para a Libertadores? Eu acredito que essa vaga pode ser como um título.”

Éder Luís, atacante de um time que ficou oito rodadas na liderança do Brasileirão

Era uma vez um líder...


Não sei se alguém aí se lembra, mas houve um time verde que liderou o Campeonato Brasileiro 2009 por 19 rodadas, tinha uns (sei lá) 68% de chances de ser campeão. Hoje esse time joga, pode até voltar pra ponta provisoriamente, mas deve mesmo é confirmar a maior amarelada dos últimos tempos.

No tempo em que se amarrava caxorro com linguiça

Atenção para as perguntas sempre pertinentes e as respostas ousadas do craque.




Até hoje se faz reportagens de futebol assim na pequenina porém heroica paraíba
(Agradecimento especial a Manuel Carlos, leitor deste cbet, que enviou esta relíquia à redação)

Eu tive um sonho...

...e nele vi o São Paulo vacilando em um dos seus três últimos compromisso.

Sonho?

Veremos.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Que la chupen!

Nunca vi movimento tão nefasto neste blog quanto o orquestrado pelos companheiros não-rubro-negros nos últimos dias. Vocês são ridículos. Enquanto nós, autênticos representantes da Nação, temos sido extremamente comedidos no que tange a possibilidade de conquistar o título, vocês insistem na velha estratégia de jogar o favoritismo sobre as costas do Mais Querido. Digo e repito: o Mengão não é favorito. O favorito é o São Paulo, que lidera o certame e tem ampla experiência na reta de chegada do Brasileiro. Ponto. Para o Fla, a Libertadores está ótima. Existe a chance do hexa? Sim, mas nosso mantra é "pé no chão". Se assumirmos a ponta, aí sim, poderemos sonhar, muito embora, particularmente, eu ache que o Fla irá refugar, como de costume. O que vier além da vaga será lucro. Não venham colocar palavras nas nossas bocas nem apelar para estratagemas manjados na tentativa de desestabilizar a Nação. Isso não nos abalará. O ano já foi ganho. Fizemos bonito e, de um time desacreditado, mostramos ao Brasil como o futebol ainda pode ser bonito. E disso, todos vocês têm demonstrado uma inveja latente.
Saiam pra lá, bando de seca-pimenteira!
Deixem o recinto, turba de agitadores e agentes da discórdia!
Dobrem a língua e façam reverência ao mencionar o nome do time que todos vocês amam odiar!
E se matem na Copa do Brasil no ano que vem. Claro, para os que lá conseguirem chegar.

quem avisa...


é melhor essa vascainada, fluminensistada e botafogada torcer pro tricolor a valer. isso, a despeito da esnobada do guga e a despeito da soberba do tricolor paulista.

a molambada rubro-negra tá com tudo na net e abriu mão da humildade com força total. o "foderosão" (modesto apelido que adotaram) tá passando por cima de tudo e de todos.

te digo que até me deu um frio na espinha. depois da copa 2014, olimpíadas rio 2016, agora é o foderosão hexa 2009.

mas, sabem como é, tricolor já é hexa. no máximo somos igualados, já os outros representantes do fut karioca, já massacrados, serão relegados, como diz o reverendo, a rodapé da história.

Um mal necessário

Nada de Bambi. Falo de briga de cachorro grande.

Gostaria de ver o embate entre Roberto Naves (representante do Império do Mal) x Roberto Fonseca (representante do Vascão da Gama).

-------------------------------------------------------------------------------------

Flamengo será vice e não tem nenhum torcedor do Império do Mal para apostar com um Bambi. Mulambada só fala quando ganha, aí é mole!!!

robinho nunca mais

nilmar é sujeito que não escolhe hora nem lugar.

meteu gol na poderosa england.
depois foi lá e afundou os beduínos de omã.

chega de robinho.
chega de dodoizinho.
chega de chinelinho.

nilmar tem que ser titular da
seleção brazileira de futebol
(ou daquilo que dela restou).
e fora d*nga!

este é mais um movimento cívico
e patriótico nascido aqui no cbet.

com apoio da organização das nações unidas,
da anistia internacional
e do bono da banda U2.

Dunga já montou seu time de 2010...

Faltam só uns figurantes.
Senão, vejamos:

Goleiros:
- Julio César
- Figurante A
- Figurante B

Lateral-direito
- Maicon
- Dani Alves

Zagueiros
- Lucio
- Juan
- Luisao
- ?????

Lateral-esquerdo
- ?????
- ?????

Volantes
- Josué
- Gilberto S
- Ramires
- Felipe Melo

Meias
- Elano (Dunga o considera assim)
- Julio Baptista
- Kaka

Atacantes
- Robinho (sempre ele)
- Luis Fabiano
- Nilmar
- Adriano

Técnico: Dunga/Jorginho (Não necessariamente nesta ordem)

andrade & a nova ordem mundial

(pôster tirado do blog do torcedor flamenguista: http://colunas.globoesporte.com/arthurmuhlenberg/)

Vasco da Gama

Um brinde para o Naves, Naves, Naves...

vota brasil 3

spfc não desperdiçou a rodada amiga. o flamengo se manteve na briga mesmo longe de casa contra candidato ao rebaixamento. coisa que o atlético-mg não conseguiu fazer. melhor para o inter.

tudo devidamente previsto pela comunidade cbet. imprevisíveis mesmo só os tropeços do cambaleante palmeiras e do cruzeiro, candidato a rei dos gols sofridos nos minutos finais.

feito o registro, está aberta a terceira rodada de palpites sobre o topo da tabela. a novidade é o avaí, devidamente incluído na disputa pelo G4.

apostem.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

quando a fase é boa, tudo se perdoa (I)

racha no grupo? privilégio? claro que não. apenas um fato pitoresco.

com time que está ganhando não se mexe...

do globoesporte.com

(chamo atenção para o título, subtítulo e para o tom de cumplicidade amistosa das duas primeiras frases do lead)


************************************************************
Voo imperial: Adriano e seus súditos deixam Recife em avião fretado

Sem os jogadores, delegação embarca para o Rio de Janeiro na madrugada desta segunda-feira

O flamengo está desfalcado. Mas só no voo de volta para o Rio de Janeiro. Adriano fretou um avião logo após a vitória contra o náutico, no Recife, e levou alguns companheiros a tiracolo. Diego, Willians e Léo Moura foram alguns dos passageiros. O grupo deixou o estádio dos Aflitos de táxi e seguiu direto para aeroporto dos Guararapes.
A delegação voltou para o hotel, jantou e deixa Recife no início da madrugada desta segunda-feira. O grupo está de folga e se reapresenta na tarde de terça-feira, às 16h (de Brasília), no Ninho do Urubu.

Amor infinito

Os personagens

Roberto-Zelão-Popô-Fonseca, Marcelo-Comendador-Ramos e Marcelo-chefe-de-Roberto-Zelão-Popô-Fonseca.

O cenário

O corredor principal da bancada da editoria de Cidades de um jornal de grande circulação na Região Centro-Oeste.

A cena

Brasília, 16 de novembro de 2009, 18h38. Os três artistas ao redor do telefone-celular-MP3 de Roberto-Zelão-Popô-Fonseca ouvindo a gravação do segundo gol da vitória vascaína sobre o poderoso América natalense. Roberto com os olhos arregalados, eufórico. Abraçados, os dois Marcelos com os olhos marejados. No fim da narração, o Comendador deixa escapar uma lágrima.

Pontos corridos

Pesquisa aponta preferência por pontos corridos em SP

Gateza Esportiva

Uma pesquisa realizada no Estado de São Paulo verificou que 44% das pessoas preferem o Campeonato Brasileiro disputado no formato de pontos corridos, enquanto 19% gostariam de ver a competição em sistema de mata-mata - o restante dos mil entrevistados afirmaram não acompanhar a disputa.

O levantamento feito pela APPM (empresa de Análise, Pesquisa e Planejamento de Mercado mostra ainda que, consideradas as respostas apenas de quem afirmou acompanhar o Brasileiro, 64% dos entrevistados elegeram a fórmula de pontos corridos como melhor do que a de partidas eliminatórias.

"Conseguimos comprovar que, além de assistir o torneio, eles (paulistas) aprovam os pontos corridos, o que mostra que o Campeonato é emocionante até o fim", comenta Fabrizio Tavoni, responsável pela APPM, empresa de pesquisa de opinião pública que atende clientes de renome no mercado.

O atual sistema de disputa premia com o título a equipe que terminar a competição com o maior número de pontos conquistados em 38 rodadas, divididas em turno e returno. Na fórmula anterior, que deixou de ser utilizada em 2003, os oito melhores colocados avançavam em uma disputa mata-mata.

Vão catar coquinho

Como é o futebol. Há umas poucas semanas, só com a possibilidade do poderoso Tricolor Paulista levar o quarto título brasileiro consecutivo, a maioria dos blogueiros deste espaço tremia nas bases, soltava bravatas, xingava o futebol feio e pregmático (na verdade raçudo e vitorioso) do time. Era bambi pra cá, bambi pra lá. Um choro desagradável, enfim.

Agora, com a sombra dos flamenguistas (a torcida mais chata do mundo) cada vez mais negra, o São Paulo virou o salvador da pátria. É vascaíno, fluminensista, colorado, cruzeirense... Todo mundo agora que ver o Tetra, o Hepta. "Ganhe São Paulo! Mostre a sua força", bradam os amarelões de sempre.

Pois digo que nós tricolores dispensamos essa torcida de aluguel. É capaz de atrapalhar. Assistam à batalha pelo título de fora, mais uma vez, e chorem à vontade no final, seja o desfecho que tiver o campeonato.

oh, não... omã!

"Omã não é um time com tanto nome, mas é uma força emergente. É um time que já foi campeão e tem jogador atuando na Inglaterra. Nossa prioridade é fazer um bom jogo e conseguir o resultado. O espetáculo é ganhar o jogo."
(d*nga, treinador da seleção brazileira de futebol)

Dúvidas e certezas do Brasileirão 2009

O SPFC será o campeão, com sobra.

O Framengo só tem uma dúvida: em qual bela praia carioca morrerá? (Beleza, vai disputar a Libertas.)

O futebol carioca manterá ocupada a vaga na segundona.

Nessa reta final, a disputa mais difícil é pelas duas últimas vagas para a Libertas. Parmêra, Inter, Patético e Cruzeiro não querem estar na competição sulamericana ano que vem.

Frases de torcedores flamenguistas conhecidos

"Chutei a humildade lá para a casa do caralho. MENGÃO VAI SER CAMPEÃO, PORRA!!!"
Gustavo Tourinho

"Você vê a clara diferença técnica do Flamengo para o Náutico. O Flamengo é muito, mas muito melhor"
Otto Valle

"O jogo mais difícil era o de hoje. Agora, está fácil"
Otto Valle

a verdade. nada além da verdade

1) o flamengo merece ser campeão brasileiro

2) o fluminense não merece ser rebaixado

3) futebol nem sempre é questão de merecimento

Fazendo contas

Como disse antes, se ganhasse do Furacão, dava para o Flu começar a fazer contas. A sequência não pode parar. Mas, para dizer o óbvio, tudo pode acontecer nas próximas duas rodadas. Vejamos - sempre supondo que o Flu tem obrigação de vencer seus dois próximos jogos, contra Sport no Recife e Vitória no Rio de Janeiro.

1) Vitórias inúteis: Se o Botafogo ganha do São Paulo no Rio e do Atlético-PR na Arena da Baixada e se o Atlético-PR ganha do Cruzeiro lá em Curitiba (resultado totalmente possível, por mais otimistas que sejamos, visto que o Coxa ganhou do Galo lá), o Flu segue na zona de rebaixamento, mesmo vencendo as duas partidas, caso o Coritiba marque um singelo ponto em seus dois jogos contra Cruzeiro em casa e Santos fora.

2) Redenção antecipada: Se, por outro lado, o Botafogo empata com o São Paulo e perde do Atlético-PR na rodada seguinte (ou perde do São Paulo e empata com o Atlético-PR), o Flu não só passaria o Botafogo (supondo, claro, que cumpriria sua obrigação de duas vitórias), como ficaria inalcançável na última rodada, pois teria mais vitórias no critério de desempate.

3) Fator Coritiba: não sei realmente se é bom o Coritiba entrar nessa briga. Seria muito ruim eles chegarem na última rodada, contra a gente na capital paranaense, precisando de algum resultado para permanecerem.

4) Fator Vitória: o Vitória tem sua chance de não dar bobeira na próxima rodada, contra o Barueri, em Salvador. Se der mole e não ganhar esse jogo, fica nos 45 pontos e vai para a rodada seguinte jogar contra o Flu no Rio (que, se tudo der certo, estaria com 42 pontos). Não pode dar mole, senão é mais um na briga para não cair.

Ao mesmo tempo, se perdermos do Sport (ou mesmo que empatemos), podemos chegar ao final da próxima rodada praticamente rebaixados, caso o Botafogo ganhe do São Paulo e o Atlético-PR passe pelo Cruzeiro.

Agora, sim, como sempre disse, a matemática é tudo o que importa.

Emoção

O Fluzão ainda tem 70% de chances de ser rebaixado, segundo o Infobola. Pra quem tinha uns 99,9% há uma ou duas rodadas, tá bom demais. A homenagem ao artilheiro Washington hoje foi emocionante. A torcida tá dando espetáculo. O time tá jogando muito. Fred calou a boca de quem o chamou de chinelinho - inclusive eu. Tá bonito de ver.

domingo, 15 de novembro de 2009

Maratona de cu é rola

Botei muita fé no Telmo Zanini agora no SporTV. Na hora que o PC ameaçou falar que o Fluminensne sentiu a maratona no meio do segundo tempo, por estar jogando quarta e domingo, ele perdeu a paciência e disse o que eu digo há tempos: "não tem maratona coisa nenhuma jogar duas vezes por semana. Vamos parar com isso".

Concordo. Não é porque temos ganhado os últimos jogos que vou mudar de idéia. Ou se tivéssemos perdendo. Não é por cansaço. Jogador até prefere jogar duas vezes na semana. Significa menos treinamentos e mais exposição na mídia.

Escapando ou sendo rebaixados, uma coisa digo e manterei: a "maratona" de jogos nada terá tido a ver com o resultado final - tanto no sentido de "ganhar ritmo de jogo para entrosar" como no sentido de "sentir o cansaço".

Entra em campo e joga bola. Foda-se o resto.

Apenas estatísticas (nada a comemorar)

O Fluminense continua sua árdua luta contra o rebaixamento. A sequência é animadora, o time tá jogando bem, o Fred marcando muitos gols (10 em 10 jogos seguidos), mas ainda falta muito e não há nada o que comemorar. Escapar da Série B continua sendo um sonho, talvez apenas menos distante agora.

Mas volto ao blog para expor uma estatística bastante elucidativa. Esperei o jogo de hoje contra o Atlético-PR para mostrá-la aos nossos caros convivas. Pode-se dizer tranquilamente que o tricolor carioca vive este drama graças, principamente, a uma sequência de 11 jogos sem vitórias, entre a sexta e 16ª rodadas. Foi no período entre 14 de junho e 2 de agosto: de 33 pontos possíveis, o time somou apenas três (três empates e oito derrotas), menos de 10% de aproveitamento. Chegou a perder cinco jogos seguidos. A série começou com um empate, no Maracanã, com o Grêmio (0 x 0) e terminou com uma derrota para o Furacão, na Arena da Baixada, por 1 x 0. A quebra do jejum se deu somente em 6 de agosto: 5 x 1 sobre o Sport, no Rio.

Pois tomemos os mesmos 11 adversários no segundo turno e analisemos a enorme diferença de desempenho, entre a 25ª e a 35ª rodadas, de 20 de setembro a 15 de novembro: o Fluminense somou 21 pontos (seis vitórias, três empates e duas derrotas) - quase 67%, um índice que daria ao time a liderança do Brasileirão, nesta média. A nova série, curiosamente, começou também com uma goleada por 5 x 1, só que adversa, para o Grêmio, no Olímpico. E fechou com a vitória de hoje, por 2 x 1, sobre o Atlético-PR.

Se consideramos que nos demais 13 jogos, o Fluminense somou 15 pontos, uma média de time que tá brigando mesmo contra o rebaixamento, aquela sequência desastrosa do primeiro turno (que incluiu derrotas para Santo André, no Engenhão, e Goiás, no Maracanã) é a que tá pesando nesta matemática...

PS: Emocionante mais uma vez a presença e a festa da torcida tricolor no Maraca, com mais de 55 mil pessoas. E as homenagens aos ídolos Assis e Washington (foto) - o último, infelizmente, de cadeira de rodas e bastante debilitado por uma doença degenerativa. Que a luz do saudoso Casal 20 ilumine o Fluminense nesta reta final.

a musa da várzea

o ex-nadador fernando scherer, o xuxa,
está no reality show "a fazenda dois" da record.
xuxa estará acompanhado de
outras celebridades de naipe tosques.

como a sheila mello, a ex-loura do tchan.
como o mauricio manieri, the soulman.
como a bombom, ex-mulher do dudu nobre.

mas eu te digo que
vou torcer é para
ana paula de oliveira,
a deliciosa ex-bandeirinha.

e só espero que, ao menos desta vez,
nenhum botafoguense aboiolado
tente cortar o barato da moça.

"para todo mundo,
árbitro de futebol
é filha da p*ta.
mas árbitro de futebol
tem mãe como qualquer um",
esclareceu ana paula,
em seu videotape de apresentação.

Ponto corrido - jogos que não valem nada?

A rodada de hoje mostrou uma interligação entre os jogos que jamais seria visível num campeonato de mata-mata - em que, a esta altura, os seis primeiros estariam brincando de treinar, esperando a fase final. Senão vejamos:

O rebaixado Sport foi a São Paulo jogar contra o Palmeiras, em jogo que tinha total interesse para Flamengo, São Paulo, Atlético-MG, Inter e Cruzeiro, que torciam contra o alviverde. O time de Muricy, por sua vez, tinha a seu favor a torcida do Fluminense, de olho já na próxima partida, pois o tricolor pegará o rubro-negro recifense já rebaixado.

O São Paulo teve a torcida ferrenha de tricolores cariocas e botafoguenses contra o Vitória. Este, por sua vez, mesmo com as torcidas de Palmeiras, Flamengo, Inter, Cruzeiro e Galo, não conseguiu fazer nada e passou a entrar na briga para não cair, apesar de estar em situação bem confortável.

O Coritiba, antes confortável na tabela, teve, na partida contra o Galo, a torcida-contra de Botafogo, Flu, Náutico, Santo André e, claro, do rival Atlético-PR. Não adiantou e, para felicidade de Flamengo, Internacional, Cruzeiro e Avaí, interessadíssimos no jogo, ganhou a partida por 2 x 1.

O Cruzeiro, mesmo com dois jogadores a mais, tomou gol de empate do Grêmio ao final da partida. Quem disse que o jogo não valia nada? Flamenguistas, colorados, atleticanos e avaíanos comemoraram efusivamente o placar.

A vitória do Barueri foi o próprio efeito borboleta. Além de interessar diretamente a Fluminense, Coritiba e Atlético-PR, a derrota do Botafogo era tudo o que Flamengo e Palmeiras queriam. Porque, caso o Fluminense vencesse o Furacão mais tarde (o que acabou ocorrendo), faria (como fez) com que o Botafogo se veja pressionado até o pescoço em sua próxima partida, no fim de semana que vem, justamente contra o ainda líder São Paulo.

O Flamengo, cada vez mais próximo de seu sexto * título brasileiro, atropelou o Náutico no Recife. A partida dividiu até mesmo as torcidas rivais do Menguinho. Fluminensistas e botafoguenses poderiam até ficar felizes com a vitória do campeão do módulo verde de 1987, pois isso deixaria o Náutico afundado de vez. Mas no fim das contas, o Náutico já era, né? Palmeirenses e são-paulinos assistiram ao jogo com profundo interesse em um revés rubro-negro, que, infelizemente, não ocorreu.

O Santos não tem mais nada a fazer no campeonato? Não era o que pensavam os torcedores do Avaí, Atlético-MG e Cruzeiro, que secaram, em vão, o Colorado, vitorioso no embate contra o Peixe por 3 x 1. E novamente de volta o G4.

Em um jogo de seis pontos, o Fluminense teve contra si a torcida do Botafogo, do Coritiba e do Vitória. E a favor, além da fantástica galera que foi ao Maracanã, a torcida dos rivais flamenguistas e também de palmeirenses, podem ter certeza. Por que? Simples: ao vencer o Furacão, o Flu ficou a apenas dois pontos do Botafogo, que, para evitar a entrada na zona de rebaixamento já na próxima rodada, vai ter de se virar para bater o líder São Paulo no Engenhão. E quem quer ver o oco do hexa (sem asterisco) campeão? Fla e Palmeiras.

Até mesmo partidas aparentemente desinteressantes como Avaí x Corinthians ganharam interesse. Com a vitória, o time catarinense entrou forte na briga por uma vaga no G4. Ainda mais que seus próximos jogos são contra Santo André, Santos e Náutico. E o Inter ainda pega o Atlético-MG, que também terá de encarar o Palmeiras em São Paulo. Verdão este que terá de jogar também contra Grêmio e Botafogo. Avaí forte na fita.

Por fim, Goiás e Santo André teve, sim um interesse de fluminensistas, botafoguenses, coxas-brancas e rubro-negros paranaenses. Porque este jogo, amigos, mandou o time do ABC pro quinto dos infernos.

E ainda tem gente que gosta de mata-mata...