terça-feira, 31 de março de 2009

eu sou d*ngueiro, com muito orgulho, com muito amor...

grito de guerra da animada torcida gaúcha durante treino da seleção:

"d*nga, querido, nós estamos contigo!"

o beira-rio ficou tão abarrotado que gremistas e colorados tiveram que se apertar para sentar nas arquibancadas e gritar, em uma só voz:

"d*nga, querido, nós estamos contigo!"

parece que, imbuído do espírito cívico que deve nortear os jogos canarinhos, houve até troca-troca de camisa entre os torcedores dos dois arquirrivais, mas a informação não foi confirmada.

Manda quem joga

A diretoria e a comissão técnica do São Paulo bem que quiseram menosprezar o Campeonato Paulista dizendo que jogariam a última rodada com o time de juniores, contra o São Caetano. O motivo era mais um capitulo da briguinha do tricolor com a federação: como o Anacleto não tá em condições, mudaram o jogo pra Ribeirão Preto, a 500km da capital. A três dias de um jogo de Libertadores soou como provocação (ofereceram o ônibus pra levar o time). Num caso semelhante entre Oeste x Santos, mudaram o jogo pro Pacaembu (!).

Acontece que o jogo vale o segundo lugar e a vantagem do empate na semifinal contra (muito provavelmente) o Corinthians - pode até valer a liderança, mas muito dificil que ocorra. E nesses tempos de mandante 90% do estádio, vale muita coisa então. Assim que os jogadores manifestaram que sim queriam jogar para garantir a vantagem. Hoje o diretor de futebol disse que "é evidente" que só jogam os juniores se o segundo lugar estiver garantido. Então tá bom.

Se diretoria e Muricy dizem que não se importam com o estadual, melhor para a torcida que os jogadores se importem. Afinal, não ganhar o Paulista significa um título para Palmeiras ou Corinthians, o que é sempre desagradável. E ganhar fingindo não dar a mínima seria melhor ainda.

4...

Fernandão

bet and win

A "seleção" joga amanhã. Façam suas apostas na enquete ao lado. O momento é crucial.

o sentimento não pode parar


segunda-feira, 30 de março de 2009

5...

Carlos Gamarra

Time de macho


a balela da altitude

segue ficha técnica de amistoso da seleção brasileira na capital equatoriana em 1981.

14 de fevereiro de 1981
Brasil 6 x 0 Equador
Local: Estádio Olímpico Atahualpa
Cidade: Quito (Equador)
Árbitro: A. Quirelo (Equador)
Brasil: Valdir Peres (Marolla), Edevaldo, Oscar, Luizinho (Edinho) e Júnior (Pedrinho); Toninho Cerezo e Sócrates; Tita, Zico (Pita), Reinaldo e Éder.
Técnico: Telê Santana
Gols: Zico, Reinaldo (2), Sócrates (2) e Lamberta (contra).

pergunta... naquela época quito ficava ao nível do mar?

o pária de chuteiras

"a torcida tem que ter patriotismo e saber que aquela seleção está representando o brazil. pode criticar o time, mas só depois do jogo."
(d*nga, já criando clima para pegar o peru em porto alegre)

o brazil precisa de egídio

estava pensando numa coincidência aqui em torno dos preferidos de d*nga.
o marcelo, por exemplo, que ontem não viu guerron por perto nem durante o intervalo.
o marcelo, na vida real, é reserva do real madrid.
para ter um lateral canhoto reserva como titular do "escrete nacional", eu sugiro o egidio, que é reserva do juan no flamengo. e juan joga muito mais bola que heinze, titular do real madrid.
e o elano, sabe o elano? reserva do manchester city.
então, se é pra ter um reserva como o armandinho do time, te digo que eu prefiro o jonatas do flamengo.
e o ronaldinho gaucho, acho que o d*nga não ficou sabendo disso ainda, há um bom tempo é reserva do time fraquíssimo do milan. um dos piores milans da história do calcio, e gaucho não sai da reserva.
(o pato é titular absoluto. mas a gente sabe que o pato é muito jovenzito e ainda não está pronto, né?)
então, se é pra dar a camisa dez da "seleção brasileira" para um reserva, acho que seria melhor dar para o kleberson, suplente do flamengo, que é tão internacional e tão pentacampeão quanto o gaucho.
sugiro para "pegar o peru" na quarta-feira um time com julio césar; maicon, lúcio, luizão e egídio; felipe mello, gilberto silva, jonatas e kleberson; robinho e luis fabiano.
cabe a perguntinha aos amigos do cbet...
por que d*nga gosta tanto de reservas?

domingo, 29 de março de 2009

Só os Júlios salvam

Não gosto do Dunga como treinador, embora sempre ache que o maior culpado não é ele, mas quem o contratou para dirigir a Seleção. Ainda assim tentei dar mais um crédito para o capitão do tetra, após as vitórias sobre Portugal e, principalmente, Itália.

Hoje eu desisti. Jogar (novamente) como time pequeno é uma desonra para as tradições do futebol canarinho. Empatamos porque Júlio César foi espetacular. Porque Júlio Baptista é um touro e sempre joga bem quando entra durante a partida. E, sobretudo, porque o Equador é muito ruim. Era pra ter sido uma goleada. Cheguei a ficar feliz com o gol equatoriano aos 44 do segundo tempo. Lamentei apenas pelo JC, que quase salvou mais uma.

Alguém já chegou junto do Ronaldinho Gaúcho e conversou se este negócio de futebol ainda vale alguma coisa pra ele? O cara nem titular do Milan é. O que está fazendo na Seleção? Ridículo!

fora júlio césar!

a campanha "fora d*nga", lançada pelo cbet, ocupa as ruas e as praças de todo o brazil.
no entanto... há um inimigo real que, desafortunadamente, coloca em risco o sucesso do movimento.
portanto se faz urgente o lançamento de outra campanha... "fora júlio césar!"
por que, hoje, ele mais uma vez evitou - sozinho - a derrota desta patética "seleção brazileira".
o imediato afastamento de júlio césar é fundamental neste momento histórico que atravessamos. compreendemos que essa é uma decisão radical. e certamente trará polêmica. mas as futuras gerações entenderão e agradecerão esse gesto.
instantes de ruptura, como este, pedem atitudes extremas.
com a entrada de doni no gol, a queda de d*nga passa a ser apenas uma questão de tempo.
após a saída do atual "treinador", júlio césar poderá reassumir sua posição de titular do escrete pátrio.

brazil naboa

d*nga está deboa.
em quito, empate é bom resultado.
"empate fora de casa está de bom tamanho"
(robinho)
"empate tá de bom tamanho"
(gilberto silva)
"a equipe está de parabéns"
(elano)

uma dupla de ataque pra d*nga

kaicedo & javaitarde

dezesseis minutos do segundo tempo

...entra josué.

notíssias da nassão

do
globoesporte.com:


rubro-negros quebram quase 20 cadeiras do Engenhão

Câmeras de segurança flagram uma ação e três torcedores param na delegacia

nem todos os flamenguistas que foram ao Engenhão no último sábado para assistir à goleada or 4 x 0 sobre o Resende souberam se comportar na casa botafoguense. Segundo dados da administração do estádio houve depredação de quase 20 cadeiras no setor Sul. Em uma das ações, três torcedores da maior torcida organizada do rubro-negro foram detidos e encaminhados a 26ª DP, no Méier. As câmeras do sistema de segurança do estádio os flagraram depredando os assentos. A reparação de cada cadeira quebrada custa R$ 70 e o Botafogo cobrará o prejuízo na Justiça. em 2008, quando utilizou o Engenhão no jogo contra o América, a torcida do flamengo quebrou 14 cadeiras.

6... (a pedido)

Luis Carlos Melo Lopes (Caçapava)

Xerém também resolve

A vitória do Fluminense por 2 x 1 nem foi tão importante assim para efeito de tabela - o empate já garantiria nossa classificação às semifinais da Taça Rio com duas rodadas de antecedência. Mas valeu pra tirar a "nhaca" de jejum nos clássicos (era uma profusão de empates e algumas derrotas), principalmente contra o Botafogo.

Não vi o todo o jogo de ontem. Pô, quem inventou de marcar futebol em pleno sábado à noite? Assisti o primeiro tempo, chato de doer, em que o Fluminense foi um pouquinho melhor, tomou mais a iniciativa e teve duas boas chances com Thiago Neves - uma delas em linda cobrança de falta e excelente defesa do Renan. Precisei sair para um compromisso e ouvi boa parte da segunda etapa pelo rádio. Naquele momento, o Botafogo parecia bem mais presente em campo com as mexidas promovidas no intervalo por Ney Franco.

Quando cheguei ao meu destino, o alvinegro acabara de abrir o placar, em gol de pênalti sofrido e cobrado por Maicosuel, com direito à humilhante "paradinha". Uma boa hora pra deixar quieto a bola já prevendo nova derrota para o rival, que seria a quinta consecutiva em campeonatos cariocas.

Mas como torcedor não sossega enquanto não sabe o resultado de seu time, esperei uns 20 minutos e acessei a Internet do meu celular pra conferir o que tinha acontecido. Tomei um susto: Flu 2 x 1, 45 minutos do segundo tempo. Conca acabara de marcar o gol da virada. O empate tinha sido do garoto Alan (foto). Menos de cinco minutos depois, meu filho me liga cantando que o Fluminense era o "time da virada". Era a quarta vitória consecutiva depois de sair perdendo por 1 x 0.

De madrugada, já em casa, liguei a TV pra ver o final do GP da Austrália, com incrível dobradinha da estreante Brawn GP - Button em primeiro, Rubinho (com muita sorte nas últimas voltas) em segundo. E, claro, aproveitei para caçar alguma reprise de noticiário. Consegui ver os melhores momentos do jogo e fiquei feliz em perceber que foi a partir das entradas de Maicon e Alan, duas crias de Xerém, que o Flu deu início à virada. Leandro, o lateral, cometeu o pênalti do gol botafoguense. E EdCarlos foi expulso mais uma vez. Os dois não têm condições de serem titulares. A falta que deu origem ao segundo gol foi, no mínimo, duvidosa. Sinceramente acho que houve apenas um choque entre o Juninho e o próprio Conca, que bateu com força e deu sorte. A bola desviou no Fahel e Renan, no campo escorregadio, papou um frango ensopado. No finalzinho, a defesa do Botafogo ainda apelou pra violência, a ponto de chutar jogador caído no gramado. Sem necessidade.

Foi o quarto gol do meia argentino neste campeonato. Curiosidade: todos decretaram a vitória do Fluminense. O primeiro foi marcado diante do Americano, em Campos, naquele pênalti polêmico em cima do FH. O segundo foi contra o Voltaço, no Maracanã. Nas duas partidas, vencemos por 2 x 1. Na terça passada, Conca fez aquele golaço contra o Friburguense, virando a partida pra 2 x 1 (depois, TN faria o terceiro fechando o placar). Ontem, mais uma vez, o baixinho foi decisivo.

Seis jogos na Taça Rio, 100% de aproveitamento. Nada de euforia. O time ainda tem que jogar melhor e com mais velocidade. Ser mais consistente e incisivo. E resolver o problema da saída de bola. Os bons resultados mascaram uma realidade: o tricolor precisa evoluir pra ser campeão. Com o Vasco também ganhando todas (e jogando bem) e o Flamengo em ascensão, a reta final do Carioca promete muitas emoções. É teste pra cardíaco, amigo!

Musa do domingo

Angelina Jolie

sábado, 28 de março de 2009

as loukas aventuras de josiel & o mar de gols

três gols contra o maduras na quarta-feira.
dois gols contra o rezendão no sábado.
e pronto: o sujeito já é um dos artilheiros do karioca-2009.
direto do banko para a glória... este é josiel: o homem, o mito, a lenda

patético

o flamengo hoje enfrenta o rezendão.
é o segundo jogo entre as equipes neste karioca-2009.
e o leo moura tem isto aqui a dizer a tal respeito:
"Muitos questionaram a qualidade do nosso grupo depois daquela partida. Por isso posso dizer que a motivação vai ser dobrada. Sabemos do nosso potencial."
motivação dobrada, né mesmo?

Teste de fogo

Com o perdão do trocadilho infame, o clássico de hoje à noite contra o Botafogo, no Maraca, é o teste de fogo que o Fluminense, de Parreira, necessita pra avaliar se houve evolução. Lembro que na véspera da semifinal da Taça GB eu duvidava da capacidade do tricolor em derrotar o alvinegro justamente pela dificuldade do time em sair jogando tanto pelas laterais quanto pelo meio. Deu no que deu, perdemos por 1 x 0.

Não sei ao certo se isto mudou muito. O Fluminense venceu cinco seguidas, mas só de adversários pequenos. E ainda assim andou se enrolando bastante. Pela direita, Mariano até melhorou um pouco e anda arriscando jogadas de linha de fundo. Mas é bem limitado. Pela esquerda, Leandro, entre um jogo contundido e dois suspensos, mal atuou nesta Taça Rio. Volta à equipe hoje ainda precisando mostrar o futebol que o tornou destaque no Palmeiras e Cruzeiro.

Dentro do rodízio de volantes promovido pelo Parreira, Jaílton (foto), para deleite do Reverendo, conquistou - pelo menos provisoriamente - a condição de titular. Já escrevi que ele não fez grande coisa até aqui, mas também não comprometeu. Não aposto todas as minhas fichas, claro, mas não vejo ninguém melhor (lamentavelmente) que ele no atual elenco das Laranjeiras. Logo... Para formar dupla, nosso treinador optou pelo "prata da casa" Maurício, que jogou apenas um tempo contra o Bangu e meteu um gol de cabeça. Como em terra de cego... Tecnicamente Diguinho seria o melhor para a posição de "segundo homem". Mas o cara vive nas noitadas e pegou uma pneumonia. "Chinelinho" por mais algumas semanas.

Se lá atrás a coisa ainda permanece nebulosa, na frente o Fluminense melhorou. Não somente pela entrada do Fred, que jogou apenas duas vezes (é dúvida para hoje). Mas principalmente porque Conca voltou a brilhar e a ser auxiliar de luxo do Thiago Neves na armação. Os dois, acho eu, precisam de mais regularidade, de mais constância durante os 90 minutos, para o ataque tricolor engrenar. Não que eles fujam do jogo, pelo contrário. Mas pecam ainda em alguns excessos de jogadas individuais ou erros de passe.

O contestado Parreira está fazendo bem a sua parte, não tenho o que reclamar. Esperemos, porém, a noite de hoje pra ver se o futebol, uma constante "caixinha de surpresas", muda a minha opinião...

7...

Nilson

born to be wild

vou te contar... nem com os carrinhos envenenados da brawn, nosso rubinho consegue ser o primeiro...
tudo bem passar a vida atrás do schumacher...
mas jenson button também?

testes para cardíaco, amigo!

hoje tem a argentina de maradona & messi.
amanhã tem o brazil de d*nga & elano.
mas, para além de nosso provincianismo, o final de semana reserva outras pelejas de destaque...
nas oropa...
luxemburgo x letônia, moldova x suíça, albânia x hungria, chipre x georgia
na ásia...
uzbequistão x qatar, japão x bahrein (estão anunciando transmissão ao vivo)
na afrika...
burkina fasso x guiné, sudão x mali, gana x benin
na concacaf...
o clássico caribenho trinidad e tobago x honduras
no rio de janeiro...
mesquita x tigres do brazil, boavista x madureira
e em são paulo...
mogi mirim x botafogo de ribeirão preto, mirassol x noroeste, palmeiras x são paulo

hoje é dia de futebol-arte


hoje tem lionel messi em campo & diego armando maradona no banco pela primeira vez como técnico de sua seleção no monumental de nuñez.

ar-ren-tí-na! ar-ren-tí-na!

amanhã, no equador, teremos que torcer por ellano mello em campo e d*nga-jorg*nho no banco.

sou brá-zi-lê-ro, com muito or-gu-lhô, com muito á-môôô...

cada país tem a seleção e o grito de guerra que faz por merecer.

sexta-feira, 27 de março de 2009

grandes ídolos do desporto nacional: casagrande

walter casagrande junior é um dos jogadores mais
rock and roll
do futebol brazileiro.
e o futebol brazileiro é um troço - como sabemos - muito pouco rock and roll. está mais pra pagode, sambão, axé.
casagrande andou envolvido com umas drugs pesadas.
e não estou me referindo ao galvão bueno, não. ele sumiu da globo pois entrou numa rehab à força.
casão ainda não está liberado pra voltar numa boa ao convívio social e aos estádios de futebol. mas esta semana deu uma entrevista bakana.
ele comparou sua má fase com a recente má fase de seu time de coração, o corinthians...
"O que aconteceu comigo foi um retrocesso, uma queda para a segunda divisão da vida. Mas eu voltei. Ou melhor, estou voltando aos poucos, adquirindo respeito novamente."
casagrande alucinou no corinthians dos anos 1980: o time do sócrates e da democracia.
después foi faturar uns cobres nas oropa. fez sucesso no porto, de portugal, e dali foi para a itália. defendeu ascoli e torino.
chegou a jogar de líbero no torino. e, se não me engano, o torino nessa época disputava a segundona do calcio.
casagrande foi repatriado pelo flamengo em 1993. defendeu o rubro-negro por pouco tempo. já não estava no melhor de sua forma. já estava um tanto kansado das baladas da vida. mas honrou o manto sagrado. formou dupla de ataque no mengão com outro enfant terrible de sua geração, o grande renato gaúcho (ele próprio merece seu perfil nesta seção).
e me lembro de casão voltando até a meia-lua do flamengo pra marcar os adversários. fazia isso seguido. hábito esse que, veja você, provocou um comentário cretino de jota baiano. que teve as manhas de reclamar publicamente: "tem atacante que vem ajudar na defesa e nos atrapalha". essa virou folklore.
jota baiano sempre foi um babaka. e casagrande sempre esteve disposto a deixar o sangue em campo.
viva walter casagrande junior! que está fazendo uma p*ta falta!

8...

Cláudio André Taffarel

o tostão contra o milhão

kaká está fora do jogo de domingo... e daí?

vamos falar do que realmente interessa: o embalo de sábado à noite no maraca.

na edição dessa sexta-feira do lance!, há uma comparação deveras ilustrativa:

os salários de parreira (r$ 400 mil), fred (r$ 350 mil), thiago neves (r$ 270 mil) e leandro amaral (r$ 220 mil) equivalem à folha salarial inteirinha do departamento de futebol do Fogão: R$ 1,5 milhão.

trecho da reportagem:

"o tricolor opta por manter altos salários de jogadores, em sua maioria pagos pela unimed, que tem na figura de celso barros uma espécie de mecenas. o patrocínio da poderosa dos planos de saúde permite ao tricolor contar com grandes jogadores e seus astronômicos salários. porém, as cotas de publicidade já estão adiantadas até dezembro, quando o contrato em vigência chega ao fim. O Botafogo segue um modelo mais preocupado em manter a saúde financeira do clube e não somente a do departamento de futebol".

e é com base nessa realidade de austeridade fiscal, com parcos recursos financeiros e ainda sem victor simões, que o esforçado e voluntarioso campeão da taça guanabara enfrentará o poderoso e milionário escrete grená nesse sábado.

ah, a edição também inclui uma breve descrição dos últimos seis confrontos entre o time da "poderosa dos planos de saúde" e o Glorioso - quatro vitórias alvinegras e dois empates.

como diria qualquer repórter de qualquer telejornal em qualquer fim de reportagem:
vale a pena conferir.

alexandre pato, keirisson & neymar

nã. não adianta o d*nga espernear. o futebol do brasil tem vocação ofensiva.
e o povo deste país aprendeu a amar seu futebol justamente por isso.
e os gringos aprenderam a respeitar nosso país fubanga justamente por isso.
nada mudou.
o resultado da enquete realizada pelo cbet ao longo da semana reafirma nosso gosto pelo futebol ofensivo, pelo futebol bonito, pelo futebol mágico, pelo futebol que aspira à fantasia.
e que aceita correr riscos.
foram trinta e três votos na enquete do cbet que propunha duas visões de mundo opostas, a partir de duas formações de equipe. assim...
a) correr risco de perder a copa com gilberto silva, josué & elano.
essa opção teve cinco votos, 15% de preferência.
b) correr o risco de ganhar a copa com alexandre pato, keirisson & meymar
essa opção teve vinte e oito votos, 84% de preferência.
claro que não é o caso de particularizar votos e ensejos nesses seis jogadores relacionados. eles apenas representam, insisto, visões de mundo distintas. e também creio ser desnecessário dizer que "correr o risco de ganhar" com uma armação ofensiva implica necessariamente em "correr o risco de perder" - e vice-versa, em relação à armação defensivista (cautelosa é o eufemismo) representada na primeira opção.
e esse resultado, percebemos, traz a marca do espírito de renovação que sempre deve ter espaço em times como a seleção brasileira. já tivemos grandes atletas, exímios jogadores, bravos heróis e inesquecíveis ídolos. eles terão sempre lugar em nossa memória, em nosso afeto.
e hoje há toda uma nova geração pedindo passagem. com promessas de talento, alegria, esperança.
enfim. os colaboradores e os leitores do cbet deixaram clara sua preferência.
a despeito da realidade dos fatos. a despeito da triste sombra que paira sobre o escrete pátrio.

quinta-feira, 26 de março de 2009

um presente para d*nga

sim. eu admito que tenho pegado muito no pé do d*nga.
sei que ele é tosco, chucro, burrão.
e não tenho segurado a onda.
sei que não foi dele a ideia de ser "treinador" desta seleção brazileira.
bem sei que é tudo culpa do teixeirão, aquele senhor honesto e probo.
e estou entendendo que vamos ter que engolir, com d*nga, a derrota em mais um mundial.
tudo bem. pagamos tantos vexas em mundiais passados que mais um não muda grandes coisas.
mas hoje, às vésperas de outra rodada das eliminatórias, quero ter um gesto de cordialidade.
um gesto de atenção, carinho e afeto para com d*nguinha.
mando aqui este presente para ele. para que ele olhe pra campo e pense melhor no que vai fazer.
chega de robinho, gauchinho, elaninho. chega de adriano enxugando latinhas de cerveja. chega.

Com ferro será ferido

Deda, volante da Ponte Preta, natural da Samambaya, com passagens por Gama e Brasiliense, belo histórico de botynadas e koteveladas nos adversários (muitas vezes nos próprios companheiros de equipe, em treinos e rachões) teve a honra de enfrentar Ronnie, O Gordo, na quarta-feira.

Saiu de campo reclamando do comportamento d'O Gordo:

- O Ronaldo me chutou sem bola. Se fosse o contrário, eu seria expulso e levaria um gancho gigantesco - disse o jogador, na saída de campo, à Rádio Jovem Pan.

Quer comprovar o que ele disse? Então clique aqui e veja o vídeo no site da Globo.

Mire-se no exemplo, Cuca!

Da Gazeta Esportiva:

"A dança dos técnicos continua no Campeonato Carioca e dessa vez chegou a Saquarema. O técnico Edinho pediu demissão do Boavista depois da derrota para o Resende, por 3 a 1, fora de casa, pela quinta rodada da Taça Rio, segundo turno do Estadual."

Veja, Cuca, amanhã tu pegas o Resende de novo. Que tal se inspirar no Edinho, hein?

9...

Elias Figueroa

urgente: movimento fora d*nga!

está na tevê. agora. neste momento.
ricardo teixeira na granja comary.
teixeirão sentado no banko de reservas, vendo o time do d*nga "treinar" em campo.
não sei quanto a ti,
mas te digo que eu nunka tinha visto teixeirão assim tão pertinho da bola.
de blazer, sentado no banko de reservas, pertinho do d*nga.
vai teixeira, vai querido teixeira,
vai teixeirinha do meu coração...
entra em campo e diz logo pro d*nga
tudo aquilo que a gente sabe de cor,
tudo aquilo que a gente quer dizer
e não pode:
- o senhor está demitido.

Preguiça de falar de arbitragem

Nesta rodada, simplesmente os quatro grandes cariocas foram ajudados de forma ridícula e parcial. Fluminense teve no mínimo um penalti que foi mandado voltar desnecessariamente. No mínimo. Flamengo teve penalti fajuto. Vasco teve penalti fajutíssimo (quando perdia de 1X0). E Americano não teve marcada uma penalidade máxima escandalosa a seu favor na partida contra o Botafogo.

Esses lances são sempre em momentos cruciais das partidas. A coisa tá feia. Claro, não é só no Rio. Mas lá as coisas são mais abertas. Talvez seja a ressaca de terem deixado o Resende chegar na final da Guanabara.

O Rio é lindo. Adoro a fórmula Guanabara/Taça Rio (pra mim deveria ser adotada em SP). As torcidas dão show. Agora o futebol e a arbitragem são da pior espécie.

quarta-feira, 25 de março de 2009

a inkrivel jornada de josiel

pobre madureira.
perdeu do flamengo e está alijado do karioca-2009.
peladão à tarde em edson passos.
pra concorrer com o rachão do time do d*nga na granja comary.
josiel meteu três gols.
três gols.
três gols.
tripleta pra josiel. hat trick.
(ele meteu quatro, em verdade, mas o primeiro deles foi corretamente anulado por impedimento, e ele ainda deu uma furada belíssima na pequena área do maduras, cousa pra poucos.)
...e o c*ca garantiu a dose de emossão necessária. meteu jonatas & kleberson em campo, durante a segunda etapa. quase deu certo sua tentativa de sabotar a própria equipe. o flamengo ia a pique diante de um adversário mediokre. solenemente. o maduras diminuiu para 3 x 2, com gol do velho-e-cansado alex alves (ex-luiz estevão futebol clube).
entretanto... quem salvou o r*bo de c*ca foi o juizão.
na kortesia, o nobre mediador marcou um penalty fajuto, estilo unimed, aos trinta e oito do segundo tempo.
4 x 2, foi a conta. "vitória com soberania", definiu josiel, o herói de edson passos.

Punir para construir

Já foi corretamente comentado aqui no CBET o tanto que os clássicos paulistas são menos empolgantes que os que ocorrem em outros estados brasileiros, notadamente no Rio, ainda que os times mais fortes do Brasil frequentemente estejam em São Paulo. E a torcida (ou a falta dela) é o grande motivo disso.

O nivel de insegurança num jogo entre grandes no estado é tão grande que uma briga de torcidas ou entre torcida e polícia é dada como certa. Ocorreu semana passada em Corinthians x Santos, antes em São Paulo x Corinthians e também em Corinthians x Palmeiras. A coisa está tão deprimente que esta semana os técnicos de São Paulo e Palmeiras, que jogam sábado, se uniram para pedir mudanças:

"Já está no Senado um projeto de lei para mudar esse panorama, e a imprensa comenta muito pouco sobre isso. Vai ter punição, que é o que falta no Brasil, vai ser mais duro, o cara que entrar no campo e brigar vai ser preso. Sou do tempo em que as torcidas dividiam o estádio", Muricy

"Está faltando foco. É preciso deixar de ser político. É preciso disciplinar as torcidas organizadas. Se você pegar todas as confusões do passado, são sempre as torcidas organizadas. Do Palmeiras, Corinthians, São Paulo, Flamengo, etc. Quando começou isso, começaram os problemas. É preciso não afastar os torcedores e sim identificar e punir os responsáveis", Luxa

Finalmente

Presidente Rock Dinamite confirma obtenção das certidões negativas de débito e o patrocínio da Eletrobrás chega a qualquer momento.

Aos pouquinhos o Vasco vai se reestruturando e para felicidade da enorme torcida o time vai melhorando dentro e fora de campo.

Esse é o meu Vasco da Gama!!!

Faltam 10 dias para o centenário do Sport Club Internacional

Paulo Roberto Falcão

e não chamaram o ronalducho?...

adriano bebum promoveu festinha de arromba.
antes de seguir para "trabalhar" na granja comary.
(ah. vale lembrar que adriano e kaká foram "poupados" da "movimentação" de ontem à tarde: o kaká porque foi fazer ressonância magnética, e o adriano, a comissão não explicou o porquê. ressaquinha?)
the breaking news do noticiário hedonista online:
"O atacante Adriano promoveu uma festa polêmica em sua nova casa, no condomínio Mansões, na Barra, antes de se apresentar à Seleção Brasileira nesta terça, de acordo com a coluna Retratos da Vida, do jornal Extra. Segundo a publicação, o evento, que teria contado com a participação de Robinho e de outros jogadores da Seleção, começou às 17h de domingo e só terminou às 5h de ontem."
atenção para a melhor parte...
"Algumas mulheres estiveram na festa, como as modelos Fabiana Andrade e Verônica Araújo, que já teve um caso com Adriano. A travesti Patrícia Araújo também teria comparecido ao local."
procurados pela reportagem do jornal na granja comary, adriano e robinho não se pronunciaram a respeito.
e parece que a traveca não foi localizada.

terça-feira, 24 de março de 2009

Passeio na serra


O Fluminense foi tomar um ar puro na noite da aprazível Nova Friburgo e trouxe de volta na mochila mais uma vitória, de virada e por 3 x 1, a terceira consecutiva nestes moldes. John Pothead, um são-paulino que não deveria se meter em discussão de futebol carioca, tentou denegrir o triunfo tricolor, mas tudo bem, o cara é brother.

O juizão não prejudicou em nada o Friburguense. No final do primeiro tempo, o Flu dominava totalmente e o placar ainda estava 1 x 1, quando um zagueirão de nome Wallace decidiu derrubar sem bola um jogador do time de Parreira. Já tinha cartão amarelo, logo... Na etapa derradeira, já vencíamos por 2 x 1 e um tal de Alex fez falta por trás, dentro da área, no garoto João Paulo. Pênalti cristalino e, como ele também tinha sido advertido antes... Ok, o Thiago Neves bateu pessimamente na primeira vez. Mas o goleirão visivelmente se adiantou dois passos. Se a regra manda repetir a cobrança nestes casos... Na segunda, com paradinha, TN mandou para as redes decretando o placar final.

A vitória até foi tranquila, após 15 minutos (os iniciais) de pane total, durante os quais o Flu não conseguia passar do meio-campo. E ainda tomou um gol "bonito-sem querer" do veterano Ziquinha, que escapou pela esquerda e tentou o cruzamento, mas acabou encobrindo o Ricardo Berna.

O mais incrível foi ver o peladeiro Roger, que eu tanto temia ser o substituto hoje do Fred (machucado), fazer uma ótima partida. Aos 25, ele marcou belo gol. Dominou a bola na área (fato raríssimo até então), girou, livrou-se da marcação de dois com um drible de corpo e chutou com categoria, consciente, no canto esquerdo. Verdadeiro milagre! E olha que Roger ainda acertou tabelas e teve mais duas chances para marcar - uma delas, sim, errou bisonhamente. Agora, com três gols no campeonato, já deixou para trás o troféu de "pereba do ano" para Obina ou Souza.

Mais bacana foi ver que o Conca (foto) está reencontrando o bom futebol. Fez um gol de placa entrando com habilidade pela defesa adversária e foi o maestro do duelo na serra. E assim, sem muita badalação (como convém às nossas tradições), o Fluminense chega à quinta vitória seguida e mantém os 100% de aproveitamento. De quebra, demos uma mãozinha pro Flamengo ao derrubarmos o Friburguense.

Sábado, 20h30, tem Botafogo. Vai ser o primeiro teste real pra ver se o time montado pelo Parreira realmente tem condições de ser campeão... Nada de oba-oba, pois!

PS: Antes que perguntem: Jaílton jogou bem, dentro do que pode ser "jogar bem" ao seu estilo. Esteve soberano na cobertura, quase não cometeu faltas e até arriscou uns lançamentos. Saiu no final, machucado. Dos volantes testados pelo rodízio do Parreira tem sido, pasmem, o mais eficiente até aqui.

Porque Zico deixou o japao

Coisas que só acontecem com o Fluzâo

Hoje o Friburgas ameaçou ganhar do tricolor-grená! Uh foi emoção! Mas, claro, por um azar muito grande, o juiz expulsou dois do time serrano. Depois, os deuses do futebol não colaboraram. E o árbitro apitou uma penalidade contra a brava equipe do interior. Mas as conjuções astrais também não favoreceram. A cobrança, batida bisonhamente, teve que ser repetida. Quanta má sorte do Friburgas!

Luiz Antonio Silva Santos, o escalafobético

Xô Satanás!!!

Arrefecidos os ânimos e os desânimos de cruzmaltinos e flamenguistas, respectivamente, e as habituais gozações com o derrotado da vez, nos resta falar, aqui neste espaço democrático, daquele que até o momento não teve seu nome pronunciado em vão: O Sr. Luiz Antonio Silva Santos, o medonhento juiz que apitou a partida entre as duas equipes neste último domingo.

Antes que meus companheiros de blog pensem: "aí vem chororô", me adianto. O Flamengo mereceu perder e se algum time foi mais prejudicado do que o outro pela arbitragem da criatura bizarra que mencionamos acima, poderia mesmo dizer que foi o Vasco da Gama, e não o Flamengo, já que teve três jogadores expulsos de forma totalmente injusta.

Ocorre que, como antecipei acima, o estrambótico Sr. Luiz Antonio, em um "dia de fúria" total, resolveu estragar uma partida de futebol na qual os esforçados jogadores tentavam pensar apenas em futebol, coisa rara quando se fala de um clássico destas proporções, mandando não só os três atletas do gigante da colina para o chuveiro mais cedo, como também botando fim prematuro às atividades de dois jogadores rubro-negros e do técnico Cuca antes do encerramento da partida.

Ao final do embate, não pude pensar em outra coisa senão nos motivos que levaram o sinistro árbitro a demonstrar tanto destempero emocional em um espetáculo que perdeu parte de seu brilho ao ser mediado por um ser humano que estava definitivamente possuído por forças demoníacas e toda a sorte de espíritos do mal, procurando a todo o tempo botar em prática os ensinamentos de belzebu e criar a desordem em campo.

Sinceramente, não consegui chegar a uma conclusão, mas depois da partida, resolvi me benzer e jogar uma água benta na TV, pois afinal de contas, de Poltergeists como o Sr. Luiz Antonio Silva Santos, eu estou fora!!

enfim neymar na seleção!!!







...na seleção
sub-17,
é claro.

fora d*nga!

Roberto Gomes Pedrosa

Dei uma fuçada na internet e achei as tabelas das quatro edições do torneio, disputado entre 1967 e 1970. Não dá para negar que era um torneio nacional, bem mais completo e disputado que a Taça Brasil. Não era mata-mata. Toda as edições tinham, além dos doze grandes, várias outras equipes proeminentes na época (Bangu, América, Ponte Preta, Coritiba, etc.

Em 1967, eram 15 times, com o campeão tendo disputado 20 partidas (para referência, o Sport, Campeão Brasileiro de 1987, disputou mais ou menos a mesma quantidade, e o Flamengo, terceiro colocado, jogou 19 vezes). Tinha Grêmio, Inter, Cruzeiro, Atlético-MG e tudo mais.

Em 1968, foram 17 times, já com Bahia, Náutico, Atlético-PR, dentre outros. De novo, o campeão jogou 20 vezes.

Em 1969 e 1970, 17 times de novo, com o campeão jogando 19 vezes.

Confiram:

http://www.bolanaarea.com/gal_robertao.htm

O Vasco é o Rio na Segundona


"A Semana Foi Assim"

"E viva, viva o Vasco: o sofrimento
há de fugir, se o ataque lavra um tento.
Time, torcida, em coro, neste instante,
Vamos gritar: Casaca! ao Almirante.
E deixemos de briga, minha gente.
O pé tome a palavra: bola em frente".

Do gênio Carlos Drummond de Andrade que era Vascaíno

o circo chegou

a "seleção brazileira de futebol" faz hoje à tarde seu primeiro "treino" do ano.
o "time" enfrenta o equador em quito no domingo.
e "pega o peru" em porto alegre na quarta-feira. eliminatórias.
a última vitória do brazil em quito faz tanto tanto tanto tempo que, vi agora na tevê, foi num jogo que teve gol de roberto dinamyte (hoje presidente do vaisco) e estreia do renato gaucho (hoje na boka pra treinar o que restou do mengão).
nos últimos 20 anos, dois jogos e duas derrotas por 1 x 0 (deixo meu abraço ao barreira).
em porto alegre as cousas devem ser mais simples. ou não.
como diria o pvc, o "time nacional" não meteu gol nas últimas três "apresentações" em solo pátrio: empates sem gols com argentina, colômbia e bolívia. promessa de emossão.
como o brazil é freguês do eqüadas mesmo, deixe quieto quito.
e fica a sugestão de o brazil mandar seus jogos "em casa" no emyrates stadium.
para o robinho & o elano ficarem mais à vontade.
mas, enquanto isso não acontece, prepare-se...
teremos o sorriso de gaúcho, as pedaladas de robinho e o espírito gentil de d*nga.
como o brazil joga em porto alegre,
certamente o sportv estará em festa às voltas com os queridos d*nga e ronaldinho. viva!
(d*nga até já chorou ao falar da família para a rede globo. taí sujeito honrado!)


oh, quanto riso... oh, quanta alegria... mais de mil palhaços no salão...

páginas da vida tricolor


acaba de ser lançado um livro sobre a vitoriosa carreira de rogério ceni.
peço ajuda aos universitários tricolores do cbet para uma explicação sobre o título do livro.
da minha parte, enquanto a explanação não chega, ainda estou na dúvida se "maioridade penal" como título de um livro de futebol é uma escolha péssima, horrorosa ou simplesmente equivocada.
ou vai ver que é uma expressão utilizada pela torcida do são paulo, um grito de guerra cantado nas arquibancadas:
- au, au, au, o ceni tem maioridade penal!
eu, hein...

Chinelinho perdoável

Logo mais, 19h30, no Eduardo Guinle, o Fluminense vai sem Fred para enfrentar o destemido Friburguense. O artilheiro continua sentindo fisgada na virilha e o professor Parreira achou por bem poupá-lo para o clássico de sábado à noite contra o Botafogo. O cara tem crédito, afinal fez três gols em duas partidas, decidindo duas vitórias por 3 x 1. Descansa, garoto!

A dúvida é quem vai substituí-lo. Se for o Maicon, formando dupla com o Everton Santos, tudo bem. Se Thiago Neves for mais uma vez adiantado para o ataque, entrando outro no meio - no caso, Marquinhos, já que Leandro Bomfim também está machucado -, beleza.

Agora, pelo amor de Deus, Parreira: esqueça o Roger! Vê-lo no banco de reservas no jogo passado já deu calafrios à torcida tricolor. Faça a experiência que quiser entre os volantes, já que todos estão no mesmo (baixo) nível. Mas lá na frente não precisa testar mais: todos sabemos o quanto o Roger é péssimo!

os melhores?

Levantamento de o Globo sobre os convocados por Dunga:

Um terço deles vive má fase em seus clubes da Europa. Robinho não fez gol em 2009. Elano não é titular absoluto, assim como Adriano, Gaúcho, Anderson e Marcelo, o lateral do Real Madrid (vaiado constantemente pela torcida merengue). Ainda tem o pobre Thiago Silva, que só treina.

Fora isso, alguns dos "europeus" são titulares em times de duvidosa qualidade, casos de Gilberto Silva (Panathinaikos) e Josué (Wolfsburg).

Continuo sem entender por que é tão difícil para os técnicos da Seleção chamar os melhores do momento.

Santos e Palmeiras octacampeões?

Cinco times pleiteiam unificação de títulos nacionais

Da Folhapress
Em São Paulo

Baseado em um dossiê idealizado pelo Santos, o Palmeiras e mais quatro equipes vão pleitear na CBF a unificação dos títulos nacionais anteriores a 1971, ano de início do Brasileiro.
Os times querem incluir na relação de campeões da CBF os ganhadores da Taça Brasil, disputada de 1959 a 1968, mais os quatro vencedores do Torneio Roberto Gomes Pedrosa, jogado de 1967 a 1970.

Bahia, Botafogo, Cruzeiro e Fluminense ampliariam em um título sua lista. Seriam bicampeões. Mas são os dois paulistas quem mais lucrariam com a mudança.

O Santos passaria de bi a octocampeão nacional. O Palmeiras teria mais quatro conquistas na sua galeria, pulando de tetra a octo. "O Santos me procurou. Nós dois teríamos o maior número de títulos, e convidamos os outros clubes", falou o presidente palmeirense, Luiz Gonzaga Belluzzo.

De acordo com o mandatário do clube alviverde, o dossiê será levado à CBF. Um dos argumentos a ser apresentado, segundo Belluzzo, é o fato de essas equipes terem sido consideradas campeãs brasileiras na época, tendo algumas delas, inclusive, se classificado à Taça Libertadores do ano seguinte.

Por enquanto, a CBF não vai se manifestar a respeito. A assessoria da entidade disse que o presidente, Ricardo Teixeira, ainda não foi procurado por nenhum clube, e que a CBF só falaria quando o assunto fosse oficializado.

Amanhã, o Palmeiras promoverá em sua sede um evento com a participação de representantes dos seis clubes. Procurados pela reportagem, hoje, tanto o gerente de futebol do clube, Toninho Cecílio, quanto o gerente administrativo, Sérgio do Prado, mostraram-se desinformados a respeito do assunto.

O Palmeiras já tentou, anteriormente, reconhecer junto à Fifa o título da Copa Rio de 1951, tida como o mundial interclubes da época, e fracassou.

segunda-feira, 23 de março de 2009

Para Dunga: o que assistir



Este video possui 7min44 de duração e é do último jogo do Manchester City pelo Inglês, no domingo, contra o imponente Sunderland.

Não precisa ver tudo.

Atente apenas aos seguintes lances:
1 - Robinho aparece por oito segundos (de 3min12 a 3min20) batendo um pênalti ridículo;
2 - Elano perde um gol na cara (apesar da bela jogada) a partir de 4min55 até 5min;
3 - Robinho perde mais um gol na cara depois de passe de Elano, entre 7min25 e 7min31.

Nova camisa

Vasco lança camisa com os dizeres 'O sentimento não pode parar'


clássicos cariocas e paulistas: diferenças

as torcidas do vasco e flamengo encheram o maracanã - 70 mil pagantes, renda de mais de R$ 1 milhão de reais.

"um show de irreverência nas arquibancadas", como diria o léo batista.

a rubro-negra levou dezenas de número 2, a do vasco gritou "obina, obina, obina" após a conclusão quase na lateral do centroavante rubro-negro e algo como "te amo, perla!", quando da expulsão do léo moura, o namorado-empresário da cantora funk.

além do hit de 2009, "vice é o cuca!".

mais importante: ao que se saiba, não houve registros de grandes brigas durante e depois da partida.

enquanto isso, em são paulo, em jogo de uma só torcida (com a do santos como visitante) o pau comeu solto entre pms e a torcida organizada santista.

e, pior, agora, antes de todo clássico paulista, começa o lenga-lenga da cota de ingressos destinada a cada clube.

afinal, os clássicos devem ou não ser disputados com duas torcidas no mesmo estádio?

seria certo que, nesse domingo, houvesse apenas torcedores vascaínos ou rubro-negros no maraca?

Simples como a vida deve ser

considerações & ponderações a respeito do domingo

não vi o jogo.
mas tenho certeza que o flamengo não jogou p*rra nenhuma.
portanto o vaiscão mereceu a vitória. parabéns a todos do time rival.
dois anos sem ganhar nem porrinha do flamengo - deste flamengo - deve ser de laskar.
parabéns extensivos a leo moura.
é uma vergonha que c*ca ainda seja treinador do flamengo neste momento (11h12 de segunda-feira).
o único gesto digno que resta a c*ca é a demissão voluntária. desde a derrota para o rezendão.
mesmo sem c*ca, não há nada que o próximo técnico possa fazer para segurar esse time.
portanto é obrigação da diretoria do clube - inadimplente - afastar imediatamente do elenco seus jogadores mais caros e omissos e colocá-los à disposição de quem queira, treinando em separado, se possível longe dos demais atletas.
a saber: bruno souza, leo moura, juan, ibson, jonatas, kleberson e zé roberto.
se o josiel quiser ir junto, que vá. que vá junto quem queira.
só depois dessa faxina saberemos quem quer e pode e merece jogar no flamengo.
nunka o tri estadual foi tão fácil, mas com esses atletas até mesmo a classificação pras semifinais da taça rio é pouco provável.
falta comando, falta atitude, falta honradez e falta respeito ao rubro-negro
que os incompetentes sintam-se responsáveis.

Esse é o meu Vasco da Gama!!!

Sei que o jogo de ontem não vale muita coisa para o campeonato como um todo. Mas o Vasco mereceu a vitória contra o Flamengo, quanto a isso não tenho a menor dúvida, mostrou um time organizado, com muito mais garra que o adversário, uma torcida empolgante que marcou presença em maior número que o rival e um técnico, no mínimo, equilibrado e coerente.

Jogamos melhor o tempo todo, temos um goleiro em excelente fase, dois bons laterais, uma dupla de zagueiros que não comete erros toscos, um meio campo que corre e marca com muita disposição e um atacante que sempre deixa a sua marca. Um time de verdade e não aquela vergonha do ano passado.

Hoje podemos e devemos sonhar com o título de Campeão Carioca. Botafogo (já na final), Flamengo e Fluminense não mostraram até agora nada que empolguem os seus próprios torcedores. O Vasco que começou o campeonato como a quarta força, agora já é considerado o principal favorito ao título de campeão da Taça Rio. E como eu já disse: quem vencer o segundo turno será o campeão carioca.

O torcedor Vascaíno está entusiasmado, depois de quase dois anos sem vencer o seu maior rival, tomou uma cervejinha feliz da vida depois do jogo e começou a fazer as contas para saber quem teremos que eliminar na semifinal e final do turno. Aposto que ninguém quer enfrentar o Vasco na próxima fase, o risco de sair derrotado é enorme.

O mais importante em 2009 é vencer a série B, mas antes tem o Carioca e vamos com tudo para conquistar o título.

Obs.: cometemos vários erros durante a partida, mas na vitória só lembramos dos acertos. O torcedor é assim, a imprensa não é diferente e os jogadores esquecem até os salários atrasados.

Deixe o seu computador mais bonito

Um presentinho para vocês colocarem como papel de parede


Espaço democrático

Se tem uma coisa que dá orgulho participar do Cbet é que você pode xingar.

Cadê a flamengada?

Para quem começou o campeonato sendo considerado a 4ª força...

...dentro de campo o Vasco tem a melhor campanha do Estadual

1º - Vasco - 26 pontos

2º - Botafogo - 25

3º - Flamengo - 24

4º - Fluminense - 23

Eu concordo

“A sorte sorriu para o Vasco”
Dorival Júnior

“É claro que dá moral vencer uma partida como essa”
Thiago

“Vasco tem tudo para ser campeão”
Elton

Erramos

Peço desculpas aos leitores do Cbet. Eu errei o placar do clássico, 3 a 0 foi o meu palpite, o jogo como todos sabem terminou 2 x 0.

domingo, 22 de março de 2009

O outono do campeão


Já não é mais só Rafael Nadal que mete medo em Roger Federer. Ontem o suiço perdeu pela quarta vez consecutiva para o escocês Andy Murray, nas semifinais do Masters de Indian Wells, e mostrou vários dos tiques de nervosismo que costuma apresentar quando enfrenta Nadal. É algum bloqueio mental que nos tempos de auge nunca seria percebido nele. Agora, por incrível que pareça, já é dificil vê-lo como favorito diante de Nadal e pouco a pouco também de Murray. E uma coisa que era dada com certa, sua condição como o maior tenista de todos os tempos e o record de títulos do Grand Slam (ainda com Sampras, 14, com um a mais que Federer), para alguns já não ocorrerá. Não é o meu caso.

De todas as formas temos um novo clássico no tenis mundial: Nadal x Murray, que devem disputar o posto de número 1 (talvez com Djokovic) depois que Federer realmente sair da disputa. Hoje às 18h aí no Brasil. Vou ter que deixar o Flamengo x Vasco (e a pelada do São Paulo) de lado...

Musa do domingo

Luana Piovani

O clássico do domingo

Claro que para a maioria dos companheiros que acompanham e fazem o CBET Flamengo x Vasco (com o Vasco favorito!?!) é o jogo do dia. Mas não tem como negar que o duelo mais chamativo de hoje é mesmo Ronaldo x Neymar. Pelo menos para a imprensa esportiva brasileira (não só a paulista), que sabemos é chegada num espetáculo quase circense. É o duelo de gerações, entre o ídolo nacional que voltou ao país depois de fazer toda a carreira no exterior e o novo futuro maior craque do Brasil. O Corinthians é o time mais badalado do ano e Santos, que tava sumido, voltou a figurar nas manchetes depois que corretamente promoveu o moleque ao time principal.

A boa noticia para os que têm tempo e paciência é que um jogo é às 16h e o outro às 18h.

sábado, 21 de março de 2009

Precisa ser tão difícil?


Sabe aqueles jogos em que seu time vence, mas você fica com raiva? Não consegue entender porque, com bons jogadores, sofre tanto para ganhar - se é por preguiça ou falta de inteligência?Este foi o retrato de Fluminense 3 x 1 Bangu, hoje à noite, no Engenhão. Assim como na partida passada contra o Macaé, o adversário marcou forte, mas, de jogada perigosa, só fez mesmo o gol. Talvez uma ou outra tentativa de escapada em velocidade, mas nada que se convertesse em chance real para balançar as redes.

O Fluminense, com sua eterna dificuldade em sair jogando, se embolava no meio-campo, não chegava ao ataque. Thiago Neves e Conca recuavam demais pra pegar a bola e não conseguiam se aproximar de Fred e Everton Santos lá na frente - isto porque os dois atacantes se movimentaram bastante, procurando abrir espaços no "ferrolho" banguense.

Aos 38 minutos, quando o tricolor já perdia por 1 x 0 - gol que saiu justamente de uma falha boba na saída de bola que deu o contra-ataque ao adversário -, eis que Thiago Neves fez bela cobrança de falta enviezada em direção à área e Maurício, figura inoperante até então, acertou a cabeçada no canto.

Na volta do intervalo, mais uma vez Parreira lançou o time à frente, como no domingo passado, tirando o próprio Maurício (volante) para a entrada do meia Marquinhos. O jogo continuava amarrado. Aos 17, Maicon substituiu Everton Santos. A idéia era fazer justamente com que o time abrisse o jogo pela direita, o que não conseguia pois, além do lateral Mariano ser fraco, não tinha com quem tabelar.

Bingo! Aos 29, justamente numa boa triangulação entre Maicon e Mariano, o atacante cruzou certinho pro Fred (que, se não foi brilhante, lutou muito) bater no canto: 2 x 1. No terceiro gol, aos 38, o Flu contou com um pouco de sorte, após bate-rebate na área do Bangu, que Luiz Alberto concluiu com categoria.

Em resumo: uma vitória em que o time se superou mais pelo talento individual de alguns jogadores (e, vamos fazer justiça, do Parreira, que soube mais uma vez mexer no time) do que pelo coletivo. A não ser que aconteça algum grande acidente, com 12 pontos e 100% de aproveitamento, devemos nos classificar tranquilamente às semifinais da Taça Rio. Mas tem que jogar mais bola se quer ser campeão...

Jailton vem aí...

Para deleite de Berna Beat, eis que Jailton volta hoje a vestir a camisa titular do Fluminense no duelo contra o Bangu. Dando sequência ao rodízio de volantes promovido pelo Parreira, para ver se algum serve pro time - já foram Fabinho e Wellington Monteiro -, o ex-rubro-negro ganhou a chance de sair jogando logo mais, 18h30, no Engenhão.

O rapaz começou o Carioca envergando a camisa 5 tricolor e atuou nas quatro primeiras partidas. Após a vergonhosa derrota de virada para o Duque de Caxias (3 x 2, com o Flu vencendo por 2 x 0 até os 30 do segundo tempo), foi barrado por René Simões e nunca mais tinha voltado. Até hoje... Muito medo!

Deixa o garoto quieto!

Demorei pra escrever isto aqui, mas aí vai: amigos, vamos deixar o garoto Neymar jogar mais algumas partidas, ter uma temporada mais longa de atuações consistentes, para avaliá-lo melhor ou pedir vaga pra ele na Seleção. Nada de entrar neste oba-oba ridículo promovido pela TV Globo (e de outros canais e sites)!

Entendo que a escassez de talentos atuando no futebol brasileiro nos deixa carentes e qualquer vislumbre de genialidade nos enche de esperança. Mas não estraguem o moleque tão cedo assim! Não o comparem ao Robinho, muito menos ao Pelé. Não ainda, pelo menos.

souza, o incompreendido

paulista é povo muito ingênuo.
veja tu que agora estão desapontados com o futebol apresentado por souza no corinthians.
deu manchete na folha de são paulo deste sábado:
"corinthians agora já rifa souza"
porque o kamarada custou bem caro, custa bem caro. o time paulista teria desembolsado 1,2 milhão de euros (são euros!) para pagar o atleta ao panathinaikos da grécia. mais 200 mil reais de luvas. mais 160 mil reais mensais de salário.
souza marcou um uniko gol em 12 jogos oficiais pelo timão (sic).
gol de pênalti, quando o técnico mano menezes pediu para o cobrador oficial, chicão, quebrar um galho e dar essa chance ao incrível-artilheiro-sem-gols.
mas até o mano menezes já cansou de souza, centroavante que volta e meia é elogiado pelos sábios da tevê (tipo o paulo vinicius coelho) por marcar a saída de bola do adversário e, principalmente, desempenhar o papel de pivô na grande área.
mano menezes: "eu disse que ele estava fazendo bem a parede, mas eu não tinha pedido para a diretoria contratar um centroavante pedreiro"
o irônico é que justamente mano menezes foi o gênio que quis ter souza no time, como dublê de ronalducho. mano até peitou, na defesa de souza, o então poderoso diretor técnico antônio carlos (ex-zagueiro porradeiro, racista pouco discreto, amigo de infância do andres sanchez & promotor de eventos em presidente prudente).
por coincidência, o técnico tem o mesmo procurador de souza, um tal de carlos leite.
o futebol é mesmo cheio dessas coincidências.
então entendo o desencantamento geral no parque são jorge em relação a souza.
o souza disputou as últimas duas temporadas em um time desconhecido, de pouca expressão, time que não causa alarde, não aparece na mídia esportiva nacional e nem mesmo participa dos principais campeonatos, como o campeonato paulista.
como então eles poderiam saber que o souza já não estava jogando nada no flamengo?

sexta-feira, 20 de março de 2009

uma pergunta clássica

a repartição pegou fogo com a seguinte pergunta:

- qual é o maior clássico brasileiro?

foi um tal de vasco x flamengo pra lá (defendido pelo comendador, claro), palmeiras x corinthians com duas citações espontâneas, são paulo x santos... até sport x náutico entrou na roda.

os trepidantes partícipes do cbet bem que poderiam ajudar a turma e responder:

- qual é o maior clássico brasileiro? e o gre-nal, está incluído nessa disputa ou concorre com boca x river?

cuida-te vaiscão...

pois o flamengo já pagou o mês de janeiro!

cuida-te barreira...

the breaking news do "diário do pará"...
"Jogando na noite de ontem, no Mineirão, com gol de Marcondes, o Águia venceu o América (MG) por 1 a 0 e vai enfrentar o Fluminense na próxima fase da Copa do Brasil. O Azulão já havia derrotado o Coelho por 2 a 1 no jogo de ida e jogava por um empate. Mas foi além. Mesmo jogando fora de casa, o Águia começou bem postado e deixou a partida equilibrada criando boas chances."
marcondes é o cara!
marcondes mete gol!

então deixa quieto...

the breaking news do noticiário automobilístico:
"A FIA anunciou nesta sexta-feira que vai adiar a implantação do novo regulamento da Fórmula 1, em particular a norma que prioriza o número de vitórias para definir o campeão, em vez da soma de pontos. 'Se, por qualquer razão, as equipes de Fórmula 1 não concordarem com o novo sistema, a sua implementação será transferida para 2010', informa o comunicado emitido pela federação."
detalhe: o campeonato começa no domingo, depois de amanhã
simplesmente patético.

urgente: movimento fora d*nga!

tu entregarias mais uma copa do mundo nas mãos desses senhores?

Champions League

Duelos das quartas-de-final:

Villarreal (ESP) x Arsenal (ING)
Manchester United (ING) x Porto (POR)
Liverpool (ING) x Chelsea (ING)
Barcelona (ESP) x Bayern de Munique (ALE)

Tá com cara de que teremos 3 ingleses nas semifinais pelo terceiro ano seguido.

Brochada

Para levantar o ânimo do time e conseguir um dinheirinho para pagar os salários de uns meses atrás, o Flamengo tentou fechar o patrocinio do Viagra com os laboratórios Pfizer. Só que a lesgislação dos States proíbe que se anunciem remédios e o negócio deu pra trás (no Globo). Uma pena, ia ser a cara do time da Gávea ter tal patrocinio estampado na camisa rubro-negra.

quinta-feira, 19 de março de 2009

para aposentar d*nga

eu e o colega berna beat chegamos à conclusâo de que a seleção que deve representar nossas cores em 2010, na áfrica do sul, é a seguinte:

julio césar, rafael (manchester united), thiago silva, miranda e jorge wagner. ramires, hernades e kaká. keirrison, pato e neymar.

por isso fundamos o movimento pela aposentadoria do d*nga. o técnico pode ser qualquer um que escale o time acima.


esperamos apoio maciço dos colegas do cbet, pois pretendemos levar esta campanha para a mídia nacional

Catarina


Viram essa? Pois bem. Roberto Fernandes mal chegou ao Figueirense e já está impondo seu estilo viril de comandar a equipe. Quem treinar mal tem que usar vestidinho rosinha no dia seguinte. Há quem já chame os catarinas de santa. Alguns dizem que o alvinegro está em franco processo de tricolorização. Outros querem importar a tendência. Um candidato carioca e outro paulista pretendem lançar a novidade em seus respectivos feudos, ampliando a iniciativa também para as pelejas.

Pergunta fácil

Qual o time que usa esse meio de transporte?

Não vou dar nenhuma pista.

BREAKING NEWS II - Foto exclusiva do ônibus do menguinho


Vamos aos fatos...

1 - O Flamengo não anda jogando o fino da bola
2 - O Vasco, se não fosse garfado no primeiro turno, poderia estar agora com a Taça Guanabara no sua sala de troféus e vem fazendo um bom segundo turno
3 - O Kleber Leite é imbecil e gosta de provocar os adversários

Conclusão: domingão, Flamengo 2 x 0 Vasco.

BREAKING NEWS - Fotos exclusivas de um ônibus rebaixado




A missão

O Central de Caruaru-PE é o próximo adversário do Vasco na Copa do Brasil. Mas isso não interessa.

Vamos ao que realmente interessa: o clássico, Vasco x Flamengo.
Sem dedo na cara, sem tapa na mesa, acredito na vitória do Vasco por 3 a 0.

O técnico Dorival Júnior já escalou o Vasco da Gama para domingo, os 11 guerreiros que terão a difícil missão de derrotar o Flamengo são:

Tiago, Paulo Sérgio, Fernando, Titi e Ramon; Amaral, Nilton, Jéferson e Carlos Alberto; Elton e Alex Teixeira.

E vamos ganhar!!!

quarta-feira, 18 de março de 2009

petróleo do futuro

do GloboEsporte.com:

Na manhã desta quarta-feira, o Caio Martins foi palco de um evento que, segundo a diretoria, marcará o início de uma nova era na formação de jogadores do Botafogo. Cerca de 70 meninos de cinco categorias de base ouviram com atenção as palavras de um ídolo do passado, como Humberto Rêdes (gerente de futebol amador), e um do presente, como Renan, que contaram histórias vividas no Alvinegro.
O presidente Maurício Assumpção também falou sobre a reestruturação da base, que começa com a transformação do estádio de Niterói num centro de treinamento para juvenis e juniores.
A sede de Marechal Hermes passará por obras e, por enquanto, abrigará as categorias pré-mirim, mirim e infantil, com a ajuda de um terreno próximo que pertence ao Exército. Segundo Maurício Assumpção, em julho será lançada a pedra fundamental do novo CT da base. A previsão é que a reforma seja concluída até o fim de 2009. Assim falou o presidente:

- Estamos mudando a filosofia das divisões de base e isso renderá frutos. Vamos valorizar o que era bem feito e melhorar o que foi esquecido em outras administrações. Queremos que Marechal Hermes seja um CT de ponta, uma referência no Brasil.


agora, com CT e Engenhão, em 2018 ninguém segura o Fogão!

ô são paulo, pode esperar que a tua hora vai (demorar, mas vai) chegar!

Um novo Senna?


Vocalista da banda inglesa Iron Maiden, Bruce Dickinson não pediu toalhas brancas e nem comidas exóticas antes de tocar no último domingo, no Autódromo de Interlagos. O músico, que também é piloto de avião e esgrimista, solicitou apenas ter a oportunidade de acelerar no Kartódromo Ayrton Senna, que faz divisa com o circuito que recebe anualmente a Fórmula 1. E foi atendido.

Horas antes de sacudir a Zona Sul de São Paulo, Bruce acelerou um Biland Kart ao lado do promotor da categoria no Brasil, o empresário Paulo Breim. E gostou tanto da brincadeira que pediu bis na última segunda-feira, antes de seguir para Belo Horizonte pilotando seu próprio avião - um Boeing 757. "Ando três ou quatro vezes por ano de kart, gosto muito, muito disso", resumiu Bruce, depois da primeira experiência em Interlagos.

Paulo Breim revelou que o astro nunca havia pilotado um kart com motor quatro tempos. Ele gostou da experiência e, também, do seletivo traçado paulista. "Fomos procurados pela produção do show para conseguir alguns karts para a banda, e atendemos prontamente. O Bruce é uma figura muito carismática, e foi bastante simpático com toda nossa equipe. Além disso, ele acelera bastante para quem pilota apenas algumas vezes por ano", afirmou o dirigente.

Apesar de algumas escapadas - bem ao estilo de quem não tem medo de acelerar, mas ainda não está familiarizado com o circuito - Dikinson foi competitivo e mostrou ótimo preparo físico. Ele pilotou por cerca de meia hora no circuito paulista no domingo, e de lá seguiu direto para o camarim montado a alguns metros dali, no interior do Autódromo.

'Esse time pode marcar história no clube'

Luxerley, sobre o super verdinho-09.

Pode sim, sendo eliminado na primeira fase da Libertadores.

acabou a p*taria!



ronaldo simões angelim está de volta aos treinamentos na gávea.
periga entrar em campo já neste domingo, no provável único mengão x vaisquinho da temporada 2009.
angelim, herói de sua gente, se vê recuperado de grave lesão na coxa direita, que o afastou da retaguarda rubro-negra por longas semanas. sua ausência agravou a débâcle do time na taça goanabara e antecipou a crise que toma conta do depauperado clube.
angelim, no entanto, mantém o discurso sereno que o caracteriza. "Como estou com 34 anos, não existe mais aquela ansiedade pela volta. Vou trabalhar sério e forte para voltar sem problemas. Estou me sentindo bem e quero estar à disposição para domingo. Ainda não fiz nenhum coletivo para ser analisado melhor, mas quero ajudar de alguma maneira."
angelim, sujeito de grande karater e exemplo de profissional, ainda elogia o jovem wellinton, que teve que segurar a wave lá atrás. "Eu vi o garoto jogar e gostei bastante. Acho que não seria justo eu tirar a vaga dele. Teria que brigar por essa vaga porque a defesa está jogando bem."

A história em manchete


Dou nota 10 para diagramação desta página.

conheça rodrigo teixeira

ronalducho? keirrison? fred?

washington? kleber? josiel?

amauri? afonso alves? vagner love?

neymar? kleber pereira? tiano?

pois esqueçam...
quem mete gol mesmo é rodrigo teixeira.
o centroavante brazileiro que está a alucinar no deportivo cuenca.
teixeira é o artilheiro desta libertas-2009, autor de cinco gols.
o rapaz, ontem mesmo, foi o protagonista da vitória do time equatoriano diante do venezuelano deportivo táchira por 3 x 1. meteu dois. cuenca e boca juniors lideram o grupo dois do certame continental.

rodrigo teixeira, mineiro de belo horizonte, 30 anos de idade, foi revelado pelas categorias de base do vaiscão, em meados dos anos 1990. ele passou pelo são cristovão e dali foi para o futebol romeno, a defender o ceahlãul piatra neamt. mas o kamarada fez mesmo carreira profícua na latino-américa, passando por equador (esmeraldas petrolero, barcelona) e venezuela (atlético junior, caracas, deportivo cúcuta).
depois do arrebatador sucesso na venezuela, rodrigo teixeira deu outra banda pelas oropa, disputando a terceira divisão da bundesliga-2005 pelo wehen wiesbaden. a experiência não deve ter sido das mais frutíferas, e logo na temporada seguinte, teixeira trocaria a alemanha pelo irã, onde comandou o ataque do aboomoslem. e então o deportivo cuenca foi buscá-lo lá na antiga pérsia.
abre o olho, d*nga!

100% pó-de-arroz

Da coluna Gente Boa de terça-feira, em O Globo.

Craque cheiroso
Jogadores do Fluminense estão impressionados com o necessaire que o atacante Fred leva para o vestiário. Tem gel fixador e cera para o cabelo, adstringente e hidratante para o corpo e creme Victoria´s Secret para o rosto.

a única coisa que não entendi na nota foi o motivo da surpresa.

terça-feira, 17 de março de 2009

Homenagem ao Iron 3


O Comendador lembrou e eu tenho que escrever: o Iron Maiden é Vasco. Bom, pelo menos Janick Gers e Steve Harris são. O início da simpatia dos dois roqueiros começou em 1987, ano em que a Força Jovem do Vasco resolveu colocar o monstro Eddie como seu mascote. Dizem que fotos do bandeirão foram mandadas para os membros (ops) do Iron, que ficaram empolgados, já que todos são apaixonados por futebol. Então, em 18 de janeiro de 2001, o Vasco fez a final da finada Copa João Havelange com o finado São Caetano. Nas arquibancadas estavam Janick e Steve. No DVD feito no Rock in Rio, foram incluídas cenas da torcida vascaína. Aliás, no mesmo Rock in Rio, Steve Harris chegou a comprar uma bandeira do Vasco e iria abri-la no meio do show. Mas o chefão Roberto Medina proibiu, com medo da reação das outras torcidas.

Deus da raça

"A delegação do São Paulo teve uma recepção especial em sua chegada ao Uruguai, nesta terça-feira. O ex-lateral-direito Pablo Forlan, que atuou pelo Tricolor na década de 1970, encontrou a delegação são-paulina em Montevidéu e aproveitou para conversar com o presidente Juvenal Juvêncio. Forlan disputou 237 jogos pelo São Paulo e marcou oito gols, conquistando os títulos do Paulista de 1970, 1971 e 1975." (gazeta esportiva)

O Deus da Raça, pai do bom atacante Forlan do Atlético de Madrid, dá moral ao Tricolor para vencer nesta quarta o Defensor em Montevideo, resultado que arrisco dizer praticamente garantiria a primeira colocação do grupo da Taça Libertadores. Que JW, Hernanes, Uóxito e Borges sejam inspirados por esse grande ídolo tricolor, herói de um tempo de vacas magras no Morumbi.

adeus, taça rio. adeus, título estadual. adeus, 2009


Boa intenção, péssima execução

Para fazer valer o "Tudo" do título do site, "Com Bola e Tudo", aí vai a coluna do Blog Voando Baixo, que resume, basicamente, o que eu também penso sobre a mudança na pontuação da F1:

******

Boa intenção, péssima execução

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou nesta terça-feira que o título mundial da Fórmula 1 deste ano será decidido pelo maior número de vitórias. O sistema de pontuação continuará da mesma forma, mas servirá apenas para desempates e decidir as posições do segundo colocado em diante na classificação. Se pensarmos no espetáculo, a intenção foi boa, mas a execução, péssima.

O Conselho Mundial da FIA se reuniu para avaliar as propostas feitas pela Associação das Equipes (Fota) e aprovou todas elas, menos a nova pontuação, que daria 12 pontos ao vencedor, 9 ao segundo e 7 ao terceiro. Do quarto ao oitavo, tudo permaneceria como está (5-4-3-2-1). Na minha opinião (e de muita gente no mundo da Fórmula 1), esta sugestão seria a melhor, pois valorizaria a vitória, mas não tiraria a importância das demais posições na zona de pontuação. Do jeito que a FIA decidiu, só teremos mais confusões.

Imagine a seguinte situação: uma equipe faz um carro muito melhor que o das rivais e um de seus pilotos ganha as oito primeiras corridas. Como faltariam apenas sete, ele seria o campeão no meio da temporada. Para quê disputar o resto dela, então? Como manter o interesse do público em uma situação destas? Por exemplo, o brilhante final de campeonato do ano passado seria apagado, pois Felipe Massa teria o título garantido desde a largada do GP do Brasil, já que ele não teve sua liderança ameaçada na corrida. Seria bom para os brasileiros, mas terrível para o espetáculo. Momentos épicos simplesmente não aconteceriam com este novo sistema.

Outro exemplo: voltemos ao campeonato de 1964, quando John Surtees se sagrou campeão sem ter o maior número de vitórias e de pontos. Dentro do sistema então vigente, que previa descartes, o inglês superou Jim Clark (que venceu três provas e pontuou em apenas mais duas) e Graham Hill (mais regular durante o ano, mas perdeu em um descarte). Com esta nova regra, esta temporada mudaria completamente e teria sua decisão estragada. Imaginem como deve ter sido emocionante a última corrida, no México?

Para finalizar, como já disse acima, a intenção da mudança foi até boa, mas a execução foi péssima. Para o esporte, não poderia haver nada pior. A vitória passa a ter um valor desmedido em relação às outras posições, totalmente desproporcional. Isto premiará os pilotos “win or wall”, que se colocam em muitos riscos durante as corridas. Aqueles que são cerebrais, com raros erros cometidos, serão muito prejudicados. Sinceramente, espero que esta regra não pegue. Tomara que não mudem isso de novo no meio do campeonato.

como matar a jogada

Do G1:

Um jogador de futebol iraquiano foi morto com um tiro na cabeça quando estava a ponto de fazer um gol para empatar a partida que era realizada ao sul de Bagdá.

Segundo a polícia, o atacante do time amador Buhairat estava sozinho com a bola, na frente do goleiro, quando foi alvejado na cabeça por um torcedor da equipe adversária, do clube Sinjar. A jogada e o ataque aconteceram no último minuto do jogo, que era realizado em Hillah. O Sinjar vencia por 1 a 0.

rasgando regulamentos

tá pensando o quê? a fia também vira a mesa
decidiram hoje que o campeão de formula 1 de 2009 será o sujeito que mais vencer corridas.
decidiram isso faltando menos de duas semanas.
o felipe massa seria campeão, no ano passado, keke rosberg nunka o teria sido.
mas e o rubinho, hein?

Copas de 2018 e 2022

Caracas, eu vou ter 42 e 46 anos, tá longe para caralho, mas já vão definir as sedes no ano que vem. Vejam:

Fifa confirma nove candidaturas para a Copa de 2018

Agência Estado
Publicação: 17/03/2009 09:44

A Fifa confirmou nesta terça-feira a inscrição de nove candidaturas a sede da Copa do Mundo de 2018. Segundo a entidade todos os países que haviam manifestado o interesse em realizar a competição confirmaram o pedido até o encerramento do prazo, à meia-noite desta terça-feira, no horário europeu.

Foram inscritas inclusive as candidaturas conjuntas de Portugal e Espanha e de Bélgica e Holanda, que haviam sido criticadas pelo presidente da Fifa, Joseph Blatter, por exigir investimentos maiores de infraestrutura, sem garantia de retorno financeiro. Também querem sediar o Mundial de 2018: Austrália, Inglaterra, Indonésia, Japão, México, Rússia e Estados Unidos.

As campanhas valem também para a Copa de 2022, para a qual se inscreveram ainda Catar e Coreia do Sul, que não têm interesse no Mundial de 2018. A decisão das duas sedes será anunciada pelo Comitê Executivo da Fifa em dezembro de 2010. As associações nacionais têm até dezembro deste ano para enviar o caderno de encargos.

"É muito bom ver o extraordinário interesse por nossa principal competição", afirmou Blatter. "É importante destacar a diversidade e qualidade dos candidatos, que promoverão um processo de seleção muito interessante. Isso demonstra a importância da Copa do Mundo como um evento de dimensão internacional.

************

Eu, particularmente, queria ver copas longe da europa o máximo de tempo possível. Ou, se forem lá, que fossem fora dos países panelinha (Espanha, Itália, França, Alemanha e Inglaterra). Desta feita, minha torcida para 2018 é da Austrália. E para 2022, fico com Rússia, Catar ou Indonésia.

segunda-feira, 16 de março de 2009

Homenagem ao Iron II

Entre um passeio dominical e outro em família, deixei a patroa em casa e parei no Mané Garrincha. Tava rolando uma pelada das brabas - Legião x Brasiliense - e quis levar meu moleque. O primeiro tempo estava quase acabando. Entrei no estádio e fui logo ao que interessa: comprar uma cerveja. Enquanto a tia do balcão enchia o copo, berros. Gol de empate dos legionários. Putz, perdi a chance de dar sequência ao meu programa de formação do caráter do Tarsinho. Seja na televisão, nas peladas das ruas ou em qualquer ocasião em que a bola morre na rede, é gol do Mengão. Não interessa o time. Liverpool, Íbis, Barcelona, ou mesmo vasco, o tento é rubro-negro. Enfim. Já encarando o relvado, não tardou 10 minutos e o primeiro tempo acabou. Começou a etapa final. E 15 minutos depois de um futebol sofrível, Tarsinho, em toda sapiência de seus 2 anos, pediu para ir embora. Não havia mais como entretê-lo.
Mas eu estava satisfeito. Não consegui comemorar um gol do Mengão com ele, mas fiz o que realmente queria ao visitar o Mané: checar o placo onde Harris e cia. envergarão baixo, guitarras e bateria na sexta-feira. Hallowed be thy name, felas!

hora de rir com o gandula

cuca em primeiro?

Já que a turma gosta dos pontos corridos, a "verdadeira" classificação do Carioca:

Flamengo 24
Botafogo 22
Fluminense 20
Vasco 17*

* Perdeu 6 no tapetão. Seria vice-líder se os tivesse mantido.

Em homenagem ao Iron

Como todos os que gostam de boa música sabem, Steve Harris, líder do Iron Maiden, é torcedor fervoroso do West Ham, um time medíocre da Inglaterra. Aliás, ele até já atuou nas categorias de base do time. Em homenagem a ele e ao Iron, que se apresenta aqui em brazila na próxima sexta-feira, aqui vai um grito de guerra da pequena-mas-destemida torcida westhamiana:

“I'm forever blowing bubbles,
pretty bubbles in the air
They fly so high, nearly reach the sky
And like my dreams they fade and die
Fortune's always hiding,
I've looked everywhere
I'm forever blowing bubbles,
pretty bubbles in the air
UNITED! (clap hands) UNITED! (clap hands)”

O público do final de semana

A bola foi levantada por cm, torcedor (também) do Botafogo de João Pessoa.

Vamos aa relação dos publicos nos estádios brasileiros neste final de semana:

10° Cabofriense 0 x 4 Botafogo - em Cabo Frio - 2 mil torcedores

Porto x Central - em Caruaru - 4 mil torcedores
- Vasco 1 x 0 Boavista - em Saquarema - 4 mil torcedores

São Paulo 2 x 1 Marília - em São Paulo - 9 mil torcedores

Flamengo 1 x 1 Tigres - em pleno Maracanã - 11 mil torcedores

Santos 3 x 0 Mogi Mirim - em São Paulo - 13 mil torcedores

5° Figueirense 1 x 1 Avaí - em Florianópolis - 14 mil torcedores
- Inter 1 x 0 Inter SM - em Porto Alegre - 14 mil torcedores
- Cruzeiro 0 x 0 América - em Belo Horizonte - 14 mil torcedores

2° Fluminense 3 x 1 Macaé - no Rio de Janeiro - 24 mil torcedores

1° Treze 0 x 1 Sousa - na Grande Campina - 9 mil torcedores

Explica-se: afundandos em dívidas de outros séculos, os clubes da Paraíba não divulgam nem a metade do público pagante em qualquer jogo. Toda a renda está empenhada pela Justiça e não tem Timemania que dê jeito.

Como testemunha ocular do fato, garanto 25 mil pessoas estiveram no Amigão para assistir à zebra, quando o Galo perdeu para o Dinossauro por 1 a 0. Dúvida? A arquibancada do lado de lá, que você pode ver a na foto deste post aqui, tem capacidade para 20 mil pessoas.

Havia 18 a 17 mil trezeanos lá. Do lado de cá, na arquibancada sombra, com capacidade para 22 mil torcedores. Ela não estava igualmente tomada como a do lado de lá, mas tinha aproximadamente seis a sete mil torcedores do Treze.

Isso é porque eu estou sendo modesto.

Vasco e Eletrobrás


Achei na internet

O primeiro Flamengo x Vasco foi realizado em 1923, quando o clube de São Januário passou a participar da Primeira Divisão do futebol carioca.
O Vasco venceu por 3 a 1.

dois mil e catorze

posso dar a real? a copa de 2010 já foi.
bem disse nosso brother andré de garcia, mais embaixo, que copa é pra medalhões e europeus.
vamos ter que jogar com adriano bebum e robinho e gauchinho e esses m*rdas.
alexandre pato, com sorte, pega banko.
então eu pergunto aqui...
quais seriam os quatro atacantes pra copa de 2014 no brazil?
eu voto em pato, keirrison, neymar & henrique (do são paulo)

Amigazzo

Treze e Sousa decidiram o primeiro turno do Campeonato Paraibano, ontem no estádio Ernani Sátyro, o Amigão, na Grande Campina.

O Dinossauro do Sertão, o Sousa, tinha a vantagem do empate após vencer por 2 a 1 na partida de abertura da decisão, há uma semana.

O Galo da Borborema, por sua vez, contava com a força do jovem atacante Nonato, ex-Bahia, e que há 12 anos mantém-se incrivelmente com 28 anos. Além, claro, do olhar aguçado e inteligente do cearense Marcelo Vilar, treinador com passagens por grandes clubes como América-RN, Central-PE e Palmeiras-SP.

A torcida do Treze, como você pode perceber aí na foto, tirou o domingo para se dedicar ao time. Aproximadamente 25 mil torcedores do Treze foram ao Amigão para fazer a festa do título do 1° turno e a vaga garantida na Série D deste ano.

Como bem disse Garrincha há 50 anos, faltou combinar com o adversário.

O jogo, conforme o previsto, foi de baixo nível técnico. Para se ter uma idéia, o Galo não deu um chute a gol na segunda etapa. No primeiro tempo, o atacante do Sousa, Edmundo, uma versão nordestina e igualmente veterana do Animal, chegou a driblar o goleiro Delmir, do Galo, e, de dentro da pequena área, com o gol livre, conseguiu acertar a trave.

O estádio inteiro permaneceu em silêncio durante o lance, ao ponto de ter sido possível ouvir o barulho do choque do couro no metal.

Dito tudo isto, vamos, propositadamente, ao lide: o Sousa venceu por 1 a 0, com gol de Ranieri, revelado nas categorias de base do Campinense, o maior rival do Treze.

Não chega a ser novidade uma derrota do Galo para o Dinossauro. Na primeira rodada da competição, em fevereiro, os sertanejos meteram 4 a 2 nos alvinegros em pleno terreiro do Galo, no Estádio Presidente Vargas (o Treze é o único time da Paraíba que possui estádio próprio)

Quarta-feira começa o segundo turno. Galo e Dinossauro se enfrentam. Desta feita, no Marizao, em Sousa.